Nómadas

Bem-vindos à Alemanha

© Marina HaderParabéns – atreveste-te a dar um passo arriscado e agora estás num novo país, com outros costumes. Para que rapidamente te possas sentir em casa na Alemanha, reuni algumas ideias e dicas com o objetivo de te facilitar os primeiros tempos.

© Célia MateusRoupa adequada ao clima: Gostava de te poder dizer outra coisa, mas na Alemanha faz mesmo tanto frio como se ouve dizer. Claro que também na Alemanha há dias de verão muito quentes e bonitos, mas, em comparação com o verão português, o alemão é definitivamente mais curto e mais imprevisível. Já o inverno alemão é bastante previsível – e, em regra, é frio. Por isso, sugiro que te equipes com roupa e sapatos adequados para o inverno: um dia frio de inverno na Alemanha pode ser muito bonito, e a melhor maneira de apreciá-lo é com certeza se não tiveres frio. Por isso, roupa quente é seguramente um bom investimento!

Encaixar o alemão no dia a dia: Se ainda estás no início da tua carreira no que diz respeito ao alemão, aconselho-te a perder o receio e a pedir direções em alemão ou a perguntar por um produto no supermercado. Se as pessoas te responderem em inglês, não fiques inseguro – os alemães gostam de treinar o seu inglês. Mantem-te firme no alemão, ainda que as pessoas não te entendam logo. Em alguma altura terás sucesso, e – digo-o por experiência própria – a sensação de felicidade quando notamos que compreendemos a língua e somos compreendidos é impagável!

Associações e tempos livres: Hobbies como futebol, Taekwondo, xadrez, canto, pintura ou qualquer outro que seja possível de algum modo praticar na companhia de outras pessoas pode dar-te a oportunidade de conhecer mais gente na tua nova cidade e de, assim, te sentires um pouco mais em casa. Existem associações para quase todos os tipos de ocupação dos tempos livres, que podes facilmente encontrar na internet ou numa repartição municipal.

© Marina HaderTandem de línguas: Procura um parceiro de tandem! Com um tandem, não são apenas os teus conhecimentos de alemão que ficam a ganhar. Os parceiros de tandem também te podem ajudar em situações quotidianas e dar-te alguns conselhos preciosos: como fazer um seguro? Como me registo na nova cidade? Qual é o melhor lugar para comprar uma bicicleta em segunda mão? Os parceiros de tandem são uma boa ajuda para tratar de pequenos e grandes problemas. Os centros de línguas da maioria das universidades fazem a mediação de parceiros de tandem, mas também podes encontrar as ofertas mais adequadas na tua cidade através do Google ou do Facebook, fazendo uma procura com palavras como Tandem, Language exchange e international meet up.

Eventos luso-alemães: Vai a eventos luso-alemães, ou alemães-brasileiros. Talvez tenhas decidido firmemente não procurar logo amigos e eventos portugueses no teu novo ambiente, por achares que assim será mais fácil aprender a língua, bem como conhecer o país e as pessoas. Não estás completamente errado ao assumir essa atitude. Ainda assim, acho que devias arriscar e fazer uma visita aos eventos culturais luso-alemães da tua nova cidade (cinema, teatro, coro, festas), pois, ao lado de muitos portugueses, vais encontrar também uma grande quantidade de alemães que conhecem e apreciam a cultura portuguesa e que, assim, facilmente se podem vir a tornar em novos parceiros de tandem e/ou amigos.

Lidar com as saudades: Cada um terá a sua própria maneira de matar saudades, e lidar com a falta que se sente do nosso país é algo de muito pessoal. É certo que as saudades por vezes vão surgir, e nessa altura será difícil não sentires um pouco de pena de ti próprio. Quem for dado a algum exagero, pode sempre ouvir a canção de Pedro Abrunhosa, “Para os braços da minha mãe” (youtube: Para os braços da minha mãe - Pedro Abrunhosa) . A todos os outros, sugiro que façam uma playlist com música popular alemã: as melodias são “orelhudas”, os textos não são demasiado complicados e as canções são uma boa preparação para as festas populares locais.

© Marina HaderTenta pensar nas partes positivas da tua nova cidade. É óbvio que há coisas que são pouco habituais ou, à primeira vista, não tão boas como em Portugal, mas quem sabe se não consegues talvez descobrir outras que te agradam mais aqui do que em Portugal!
Lembra-te das razões que te levaram a vir para a Alemanha e concentra-te naquilo que já conseguiste conquistar desde que chegaste à Alemanha. De certeza que há imensas coisas!
Mas se passares mesmo por uma fase particularmente difícil, em que as saudades de casa persistem durante várias semanas, então, em caso de emergência, estas dicas vão ajudar-te a encontrar um voo barato para Portugal :-) (http://thriftynomads.com) ou skyscanner.com.
Marina Hader
cresceu perto de Augsburg e, antes de iniciar o seu estágio no Goethe-Institut Portugal, arquitetou um verdadeiro plano estratégico, de modo a ter o melhor início possível em Lisboa e aí encontrar contactos. E funcionou: hoje, cada visita a Portugal é um pouco como um regresso a casa.

Copyright: Tudo Alemão
Maio de 2015
Este texto é uma tradução do Alemão.

     

     
     

    Migração e integração

    A migração altera culturas

    rumbo @lemania

    © rumbo @lemania
    … el portal para jóvenes nómadas

    FuturePerfect

    © Future Perfect
    Hitsórias para amanhã - hoje, em todo o mundo

    Goethe-Institut Portugal

    Bem-vindo
    à nossa
    Homepage!