Nómadas

Casa Algarve – um pedacinho de Portugal em Wiesbaden

© Jana Hermsen© Jana HermsenUma vez mais, enquanto passeio, tropeço em algo inesperado e apodera-se de mim uma sensação ao mesmo tempo conhecida e estranha, enquanto leio o letreiro à entrada do lugar que descobri: “Casa Algarve, especialidades portuguesas – aberto hoje”.

A curiosidade obriga-me a entrar de imediato. Não contava com esta surpresa. É claro que em Wiesbaden há um ou outro restaurante português – mas desta vez estou perante um supermercado. Isto é uma novidade. Assim que entro na pequena loja, encontro-me em frente a um balcão que é simultaneamente a caixa. Por detrás de um vidro encontram-se vários tipos de queijo selecionados e alguns bolos. Pastéis de Nata? – Claro que sim, esses não podem faltar! Uma pequena mesa ao canto convida a saborear um logo ali. Acompanhado, naturalmente, de um café da marca que conheço de Portugal, a Nicola.

A saudade apodera-se de mim. Quero saber mais. Afinal, desde quando é que existe esta loja? Também há alemães que vêm aqui às compras, ou são principalmente portugueses? E de onde vêm os produtos?

© Jana Hermsen O simpático senhor atrás da caixa tem todo o gosto em informar-me. Já há 18 anos que tem uma loja na cidade vizinha de Mainz. Há três anos que ele e a sua esposa têm também este pequeno supermercado em Wiesbaden. A ideia do supermercado, no entanto, surgiu em cooperação com um amigo seu, proprietário de um restaurante português chamado “Algarve” (em Mainz). Decidiram juntar-se e criar um supermercado associado ao restaurante. Assim surgiu o nome, que pretende também fazer lembrar “a zona mais bonita de Portugal” – afinal, é daí que vem o proprietário. Segundo ele, é esta a maior diferença entre a Alemanha e Portugal. “Aqui, tudo está rodeado de fronteiras. Em Portugal há apenas uma fronteira, com a Espanha. É muito mais livre – como no fim do mundo!“

Entretanto o restaurante, infelizmente, deixou de existir, mas ainda assim recebo logo algumas recomendações de outros locais onde posso comer boa comida portuguesa. Porém, caso isso não baste, a seleção de produtos existentes no supermercado é mais do que suficiente. Com orgulho, o proprietário da pequena loja conduz-me por entre as suas prateleiras e é capaz de me esclarecer acerca de cada um dos seus produtos. A variedade inclui desde alimentos para o consumo diário até pratos pré-confecionados e congelados, que são tão saborosos como se tivessem sido feitos em casa e muito fáceis de preparar, assegura-me o Chef. Como é óbvio, o vinho e o peixe também não podem faltar. Há bacalhau seco e congelado, e ainda uma variedade de outros peixes. Infelizmente, já não há peixe fresco. Deixou de haver há alguns anos.

© Jana HermsenEm Mainz, vendeu peixe fresco durante muito tempo, para grande alegria dos seus clientes, mas os produtos congelados também têm grande sucesso, apesar de os clientes alemães preferirem os doces. O peixe é mais apreciado pelos clientes italianos e espanhóis, bem como pelos portugueses. Infelizmente, menos em Wiesbaden do que em Mainz, explica-me o dono da loja. Isto deve-se ao facto de a comunidade portuguesa em Mainz ser muito maior e mais ativa do que em Wiesbaden. No entanto, ainda que a clientela de Wiesbaden seja menor em número do que a de Mainz, os seus clientes parecem satisfeitos com os produtos, que, aliás, encomenda cerca de uma vez por semana, sempre ao mesmo fornecedor.

A nossa conversa é interrompida por uma cliente alemã, que precisa de conselhos acerca do vinho e do queijo. Aproveito para dar mais uma olhadela e fazer também algumas compras. Que bela descoberta. Depois de o filho da cliente receber um chocolate à despedida, também eu me ponho a caminho…
Até à vista – com certeza!
Jana Hermsen
nasceu e cresceu na Alemanha. Conheceu e aprendeu a amar Lisboa e Portugal durante um estágio que fez no Goethe-Institut. Enquanto estuda Etnologia e Romanística, adora sair da monotonia do quotidiano e observar o mundo com outros olhos.

Copyright: Tudo Alemão
Julho de 2016

Língua original: Alemão.

     

     
     

    Migração e integração

    A migração altera culturas

    rumbo @lemania

    © rumbo @lemania
    … el portal para jóvenes nómadas

    FuturePerfect

    © Future Perfect
    Hitsórias para amanhã - hoje, em todo o mundo

    Goethe-Institut Portugal

    Bem-vindo
    à nossa
    Homepage!