Quotidiano

Vegan em Leipzig

© Nastasia Herold© Nastasia HeroldHá praticamente um ano, já eu vivia em Leipzig há quatro anos, um amigo perguntou-me: «Queres vir ao Deli?» «Aonde?» «Ao Deli, é uma hamburgueria vegan.» Fiquei curiosa, por isso disse: «Sim.»

Foi o início de um novo amor: comida vegan. Talvez eu deva mencionar que, na verdade, não sou nem vegan nem vegetariana, mas já há algum tempo que evitava os hambúrgueres do McDonald’s e companhia. O Deli fica no Connewitzer Kreuz, ou seja, no fim da Karl-Liebknecht-Straβe (que em Leipzig é simplesmente chamada de «Karli»). É pequeno e acolhedor, e no verão os clientes sentam-se lá fora, não apenas no banco de madeira em frente à loja, mas também no passeio.

© Nastasia HeroldQuando me perguntaram o que queria no hambúrguer, lancei um olhar inquiridor ao meu amigo. Termos como seitan e tempeh eram-me, até então, enquanto vegan estreante, completamente desconhecidos. Ainda assim já conhecia o tofu e o bife de soja, depois escolhi também dois dos molhos de nome extremamente apetitoso (o meu favorito: pesto de cânhamo e salsa), e a seguir só tive de esperar, enquanto sorvia uma limonada biológica. Não demorou muito tempo até eu poder finalmente segurar nas mãos o meu primeiro hambúrguer vegan. Primeira surpresa positiva: o hambúrguer é maior do que os que eu conheço do Burger King ou do McDonald’s; vegan, saudável e grande por menos de 4 euros – agora só faltava ser delicioso! Depois da primeira dentada fechei os olhos de prazer e só consegui proferir um deleitado «hmmmmmm». Os hambúrgueres do Deli sabem melhor do que todos os hambúrgueres de carne que conheço – e isso quer dizer alguma coisa, pois eu gosto de comer carne!

Deste dia em diante comecei a ir quase todas as semanas ao Deli, e quando me ausento de Leipzig por um período maior de tempo, sinto falta da metrópole da Saxónia sobretudo devido ao hambúrguer vegan. Naturalmente, também existem outras coisas deliciosas no Deli, como as batatas fritas biológicas, as sanduíches, as sopas, os doces, as «estrelas da semana» (especialmente sopas e sobremesas vegan) e muito mais.

© Nastasia HeroldEntretanto, como é óbvio, também experimentei outros locais vegan em Leipzig, que existem aqui em grande quantidade, tal como acontece nas outras grandes cidades alemãs. Posso sugerir, por exemplo, o Vleischerei, em Plagwitz, que é sobretudo conhecido pelos seus «vöner» (döner vegan), que são deliciosos e não ficam nada atrás dos döner de carne. Também aqui o serviço é muito simpático.
Quem quiser combinar um encontro num restaurante pode apreciar comida vegan e vegetariana no Symbiose, situado na Karli, ou no Zest, que fica em Connewitz. O Symbiose encontra-se no espaço do antigo Eden. Aqui são criadas deliciosas tentações exclusivamente com alimentos biológicos (na sua maior parte da região) e água de osmose reversa. Aos domingos também há brunch.

Ainda existe muito por descobrir em Leipzig no que respeita à arte culinária vegan, como, por exemplo, às segundas-feiras à noite, a cozinha vegan no Atari, um local de eventos em Reudnitz, em cuja página de internet se encontram, entre outras coisas, muitas e deliciosas receitas vegan..
Eu, pela minha parte, reduzi entretanto de forma radical o meu consumo de carne e, graças à boa oferta de locais vegan em Leipzig e às inúmeras ideias de receitas na internet, estou muito satisfeita com isso!
Nastasia Herold
estuda Filologia Portuguesa e Francesa em Leipzig. Também por motivos de estudo, passou alguns meses em Portugal (Universidade de Lisboa) e no Quebeque. Em outubro de 2012, enquanto ainda frequentava o mestrado, fundou a empresa «Culture Mondial». Com esta, Nastasia especializou-se em processamento de informação intercultural a nível mundial.
Mais informações em www.culture-mondial.com

Copyright: Tudo Alemão
Março de 2014

Este texto é uma tradução do alemão.
Links relacionados

 

 
 

Migração e integração

A migração altera culturas

rumbo @lemania

© rumbo @lemania
… el portal para jóvenes nómadas

FuturePerfect

© Future Perfect
Hitsórias para amanhã - hoje, em todo o mundo

Goethe-Institut Portugal

Bem-vindo
à nossa
Homepage!