Língua e cultura

Straatmann © Uwe Lehmann (Ausschnitt)

Poetry slam – arte, passatempo e profissão

«Consegue-se viver disso?», é a pergunta que os criadores artísticos e culturais ouvem frequentemente na Alemanha. A resposta é, muitas vezes: sim, quando se faz as coisas corretamente e se preenche determinados requisitos.Leia mais ...
© Sofia Santos

Queres aprender português?
Assim é ainda mais divertido!

Para quem está a aprender uma língua nova e diferente, um bom desafio e uma excelente forma de treino é ler. No que toca à língua portuguesa, é sabido que o desafio é muito exigente e, por isso, sugiro-te alguns livros que, apesar de terem sido escritos originalmente em português, estão traduzidos também em alemão. Assim, com estas três opções, mergulhar na literatura portuguesa fica não só garantidamente mais fácil, mas é igualmente maravilhoso.Leia mais ...
© Paula Leveque

"Encontros de leitura / Portugiesischer Vorlesetreff" na secção infantil da Biblioteca Municipal de Frankfurt Bornheim

Daniela tomou conhecimento dos encontros de leitura em português em Frankfurt através das amigas. Desde então, ela própria participa no projeto na biblioteca infantil, seja como ouvinte ou como leitora.Leia mais ...
© Langenscheidt

Palavra juvenil do ano: «I bims». Tarzan a tempo parcial, Merkules! Sim, a sério!

«Hallo, ich bin’s!» [«Olá, sou eu!»] Também aprendeu diligentemente esta frase nas aulas de alemão? Então esqueça-a já! Quando quiser dizer a alguém que é você, tente com um «I bims».Leia mais ...
© Theresia Schlechshorn

À procura de glühwein – uma expedição em Constança

Vinho tinto, laranjas, cravinhos, paus de canela e açúcar – juntos, estes ingredientes resultam na receita tradicional de uma das mais apreciadas bebidas de inverno: o glühwein [vinho quente com especiarias]. Só os alemães bebem à volta de 50 milhões de litros todos os anos. Mas de onde vem o apetite por esta bebida doce? E onde a podemos encontrar? Ponho-me à procura de pistas em Constança, a bela cidade nas margens do lago com o mesmo nome.Leia mais ...
© Hugo Areias

Descobrindo a plataforma Produtos Portugueses

Portugal, ainda que seja um pequeno país, é repleto de um património gastronómico incomensurável.Leia mais ...
© Sümeyye Yil

Como assim? Tu não festejas o Natal?

Ruas vazias, lojas fechadas, um manto branco de neve – é tempo de reunião com a família e os amigos. Como é que se costuma dizer? A época natalícia é a época mais bela do ano!Leia mais ...
© Ana Patrícia Severino/Embaixada de Portugal em Berlim

Portugal na Feira do Livro de Leipzig

Em Leipzig, a tradição ligada ao livro e à literatura é uma das mais notórias da Alemanha.Leia mais ...

Aviões e pêssegos ou a gigantesca tarefa de aprender alemão

O alemão não tem propriamente fama de ser um língua particularmente melodiosa – para não dizer pior. Em especial os falantes de espanhol e português como língua materna reparam logo, na língua escrita, nas palavras longas e complicadas que, claramente, têm demasiadas consoantes.Leia mais ...
 THFO_Einkaufswagen_© Torsten Backofen (MDR)

Humor na Saxónia

O que distingue então o nosso humor saxónico do das outras regiões da Alemanha?Leia mais ...
© Johanne Peito

Língua e identidade – uma reflexão

Usamo-la todos os dias, de forma automática, evidente e, muitas vezes, sem refletir: a língua. Eu cresci com duas línguas, uma língua materna e uma língua “paterna”.Leia mais ...
© Eva Gür

Orpheu – O berço do Modernismo português
No 100.º aniversário da revolucionária revista literária

Uma revolução em duas edições e meia: a revista Orpheu modernizou a literatura portuguesa numa época em que cada progresso só podia significar escândalo.Leia mais ...
© Veronika Faust

Para a refutação de boatos

Toda a gente conhece os estereótipos relativos aos alemães: pontuais, organizados, apaixonados pelas regras, sem humor e um pouco aborrecidos, no sentido de «nós jogamos pelo seguro e não ousamos fazer nada que seja novo». Mas seremos «nós, alemães» realmente assim? Todos? E serei eu muito «alemã»?Leia mais ...
© Johanne Peito

A quinta estação do ano junto ao Reno

Os foliões andam à solta! As pessoas encontram-se na baixa da cidade, faça chuva ou faça sol, e gritam bem alto «Helau!» ou «Alaaf!». Parece-vos estranho? A mim também.Leia mais ...
© Alexandra Faust

Poetry slam – competição amigável de poetas

Artistas da poesia que competem entre si. Um público que decide quem é o vencedor. Um concurso onde ainda se pode ganhar o proverbial vaso de flores. Textos que comovem: isto é poetry slam.Leia mais ...
© Christian Reiling

De parentes verdadeiros e amigos falsos

Podemos meter-nos em sarilhos de muitas formas, quando facilitamos demasiado na mudança entre línguas românicas...Leia mais ...
© Johanne Peito

De alho, manjerico e martelos de plástico

Johanne Peito conta-nos do seu primeiro São João no Porto.Leia mais ...
© Marina Hader

Saudade

Em que pensas quando ouves a palavra «saudade»?Leia mais ...
© Lisa Paleczek

Não me interrompas – ou será que o podes fazer?

Ao fim de alguns anos em Portugal começo a interromper as outras pessoas. Como é isso possível? Uma personalidade múltipla? Uma compreensão de delicadeza diferente consoante a língua?Leia mais ...
© Corinna Lawrenz

A visita de uma vegan

Comer fora em Lisboa sem provar sardinhas assadas, pesados pratos de carne e queijos condimentados? Corinna fala-nos sobre uma tentativa (recheada de contratempos) de partir à descoberta da capital portuguesa recorrendo a uma alimentação completamente isenta de produtos de origem animal.Leia mais ...
© Lisa Paleczek

«Aos bons amigos dá-se um beijinho»

… ou dois, por vezes até três. Mas este último caso só acontece em certas regiões dos países onde se fala alemão. No entanto, o que é importante para o círculo cultural de expressão alemã neste bem conhecido slogan publicitário é a primeira parte: «Aos bons amigos» – e isso é sempre um prazer. Mas, a todos?Leia mais ...
© Boris Rimkus

Manjerico e sardinhas

Aproximaram-se as Festas de Lisboa. Mas quem ou o quê era este manjerico de que a minha companheira de casa me falava constantemente, nas nossas conversas sobre as Festas de Lisboa que teriam lugar em breve?Leia mais ...
© Voosholz

Conversas POPfilosóficas:
Em Berlim 'tá outra vez a correr

A língua alemã possui algumas expressões idiomáticas de gosto duvidoso. A afirmação "'Tá a correr!", que pode ser ouvida em Berlim com grande frequência, é um desses casos.Leia mais ...

 

 
 

"Mais alemão"

campanha do Goethe-Institut, cujo objectivo é o fomento das aulas de alemão nas escolas portuguesas

Migração e integração

A migração altera culturas

rumbo @lemania

© rumbo @lemania
… el portal para jóvenes nómadas

FuturePerfect

© Future Perfect
Hitsórias para amanhã - hoje, em todo o mundo

Goethe-Institut Portugal

Bem-vindo
à nossa
Homepage!