Renate Ahrens

    Tempo da verdade

    Renate Ahrens
    München: Kabel Verlag, 2003
    285 S.
    ISBN 3-492-24333-9
    Edição de bolso: Piper, 2005

    Pia Lessing, jornalista de um diário de Hamburgo, é chamada ao leito de morte do pai. No último suspiro, menciona o nome Zoё, a antiga ama de Pia na África do Sul. Pouco depois, em 1996, Pia viaja ao serviço do jornal para a politicamente explosiva África do Sul. Está encarregada de relatar as audições acabadas de começar da Comissão sul-africana para a Verdade e Reconciliação na Cidade do Cabo e Durban.

    Pia, nascida na Cidade do Cabo, filha de pais alemães, regressou definitivamente com a família para Hamburgo quando tinha quatro anos. No âmbito das primeiras audiências, que Pia seguiu como jornalista alemã, começa a questionar-se sobre a história da sua própria família e do seu passado na África do Sul.

    Em Bellville, um subúrbio da Cidade do Cabo, conhece o fotógrafo de imprensa sul-africano Jonathan. Começa com ele um tímido romance tendo como pano de fundo as profundas mudanças políticas. O "tempo da verdade" deve agora começar também para a vida de Pia. Juntamente com Jonathan, começa a procurar a ama Zoё e vai percebendo um pouco da história da África do Sul. Pia fica a saber das instalações forçadas em townships, do ódio racial e da opressão da população negra e de cor. Durante a sua busca nas townships, ela vive momentos em que experimenta a prestabilidade e a amizade, mas também a exclusão e o desprezo e duvida que, desta forma, algum dia venha a saber a verdade sobre o sistema do apartheid e sobre a sua própria história. Apesar das muitas adversidades, consegue chegar às raízes e aos segredos da sua própria família.

      Renate Ahrens: Zeit der Wahrheit
      (Tempo da verdade)

      A narrativa mostra, de uma forma sensível, a empatia por quem muito sofreu com o sistema do apartheid.Leia mais ...