Erich Loest

Nikolaikirche

Linden Verlag, Leipzig 1995, 516 p.

O romance Nikolaikirche de Erich Loest esboça em grandes e épicos traços o desmoronamento da RDA, com enfoque em Leipzig. Mas o enquadramento abrange bem mais do que isso, pois inclui amplamente a Alemanha Ocidental. A política de distensão, a imprensa ocidental, a democracia social e o partido CDU são partes constantes da narrativa. Loest tematiza, sobretudo a falta de percepção em relação à deterioração da RDA e a define como proibição da percepção. A mídia ocidental foi incapaz de uma crítica séria do status quo; ela era considerada equivalente a uma Guerra Fria. Loest enfoca as transições nas relações Leste/Oeste. Ele mostra como a política de distensão descambou em uma política de pacificação, em uma Realpolitik, que só reconhece interesses econômicos e se curva diante dos chamados fatos. [...] Loest conta como a resistência pacífica pode fazer estremecer uma ditadura internamente bem armada e que no final contribui para sua queda.

Erich Loest – Biografia

Horst Domdey: „Helden müssen nicht sein. Zivilcourage bringt viel weiter“
© Der Tagesspiegel, 12.08.1995

    Literatura na Alemanha

    Artigos e links sobre temas escolhidos

    1989 – 10 Wall Stories

    1989 – 10 Wall Stories
    Stories by famous writers, illustrated by the comic-artist Henning Wagenbreth: a book, an exhibition, a multitude of events