Insurreição

Espero Tua (Re)Volta © Carol Quintanilha

Di, 18.06.2019 -
Do, 27.06.2019

Cinemateca Capitólio

Demétrio Ribeiro, 1085

Espero Tua (Re)Volta

Mostra de Cinema

O Goethe-Institut e a Aliança Francesa de Porto Alegre promovem, em junho, a mostra de filmes Insurreição, que aborda as relações entre os movimentos sociais protagonizados por estudantes nas décadas de 1960 e 1970, em particular na Alemanha e na França, e as atuais formas de insurreição popular. O projeto tem curadoria de Marcus Mello e toma como ponto de partida o filme Uma Juventude Alemã, de Jean-Gabriel Périot, uma co-produção entre Alemanha e França que estreou na Berlinale de 2015 e permanece inédita no Brasil. Neste documentário, o diretor resgata, através de um riquíssimo material de arquivo, as origens estudantis do grupo Baader-Meinhof e suas relações com o movimento dos estudantes franceses, refletindo sobre os seus distintos desdobramentos históricos e sua repercussão internacional. A mostra também dá atenção especial aos acontecimentos recentes ocorridos no Brasil após as gigantescas manifestações populares de junho de 2013.
 
“Os 50 anos das revoltas estudantis de Maio de 1968, celebrados em 2018, e a passagem do 30º aniversário a queda do Muro de Berlim, a ser comemorado em 2019, são dois acontecimentos que, por sua proximidade e repercussão, estimulam uma reflexão profunda sobre a história contemporânea. Entre a crença nas utopias e na capacidade da ação coletiva como forma de construção de uma sociedade mais justa e igualitária, representada por Maio de 68, e a derrocada dos países da Cortina de Ferro, simbolizada pela destruição do muro que dividiu Berlim durante quase três décadas, se misturam os sonhos e as desilusões de várias gerações.  E é justamente nesse contexto que, contra o surgimento de um discurso cada vez mais conservador e a ideia de impossibilidade de construção de uma sociedade utópica, vemos ressurgir com força movimentos de insurreição protagonizados por estudantes, mulheres e representantes de diferentes grupos excluídos de um estado de bem estar social.”

Realização: Goethe-Institut Porto Alegre e Aliança Francesa de Porto Alegre
Apoio: 


GRADE DE HORÁRIOS
18 a 27 de junho de 2019

18 de junho (terça-feira)
16:00 – O Teto Sobre Nós + Era o Hotel Cambridge
18:00 – Zero de Conduta
19:00 – Secundas + Espero Tua (Re)Volta, sessão seguida de debate com os diretores Cacá Nazário e Eliza Capai e a ativista Marcela Jesus
 
19 de junho (quarta-feira)
16:00 – As Consequências do Crime
18:00 – Os Anos de Chumbo
20:00 – Morrer aos 30 Anos
 
20 de junho (quinta-feira)
16:00 – Operações de Garantia da Lei e da Ordem
18:00 – 120 Batimentos por Minuto
20:30 – Uma Juventude Alemã
 
21 de junho (sexta-feira)
16:00 – A Segurança Interna
18:00 – A Assembleia
20:00 – Secundas + Escolas em Luta
 
22 de junho (sábado)
16:00 – Morrer aos 30 Anos
18:00 – Os Anos de Chumbo
20:00 – A Terceira Geração
 
23 de junho (domingo)
16:00 – Uma Juventude Alemã
18:00 – O Teto Sobre Nós + Era o Hotel Cambridge
20:00 – Alemanha no Outono
 
24 de junho (segunda-feira)
19:00 – Rasga Coração, sessão seguida de debate com o cineasta Jorge Furtado e a professora e cientista política Céli Pinto, no Auditório do Goethe-Institut Porto Alegre – ENTRADA FRANCA
 
25 de junho (terça-feira)
16:00 – Morrer aos 30 Anos
18:00 – A Segurança Interna
20:00 – Secundas + Escolas em Luta
 
26 de junho (quarta-feira)
16:00 – Os Anos de Chumbo
18:00 – A Assembleia
20:00 – Secundas + Zero de Conduta
 
27 de junho (quinta-feira)
16:00 – As Consequências do Crime
18:00 – Operações de Garantia da Lei e da Ordem
19:30 – Uma Juventude Alemã, sessão seguida de debate com a cineasta Liliana Sulzbach e a cientista política Silvana Krause
 

 

Zurück