Quick access:

Go directly to content (Alt 1) Go directly to first-level navigation (Alt 2)

UNIDAS: Mulheres em Diálogos

De 25 a 28 de novembro, Salvador e Berlim se unem como cidades-sedes do evento “UNIDAS: Mulheres em Diálogos”, que mobiliza convidadas das mais diversas trajetórias, representatividades e origens para desenvolver pensamentos e ações que fortaleçam a continuada luta pela igualdade de gêneros. Realizado pela UNIDAS – Rede de Mulheres entre a Alemanha, América Latina e Caribe, pelo Goethe-Institut e pelo Ministério Alemão das Relações Exteriores, que patrocina o projeto através do seu ministro Heiko Maas, e com apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA), o encontro, articulado nos dois lados do Atlântico, promoverá debates e atividades que terão transmissão na internet durante toda a programação, dividida em quatro blocos temáticos: “Interseccionalidade”, “Direitos das mulheres e igualdade de gênero”, “Violência contra as mulheres” e “Prevenção de crises”.
 
A partir de uma curadoria formada integralmente por mulheres, cerca de 40 ativistas estarão presencialmente em Salvador neste ajuntamento de forças feministas, coletivas e representativas, que incluem militantes artísticas, negras, indígenas, LGBTQI+, periféricas, anticapacitistas, políticas, educacionais e sociais. Nomes como a autora Carla Akotirene, a rapper, historiadora e escritora Preta Rara, a empreendedora social Ana Fontes, a líder da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA) Keila Simpson e a ativista, prostituta e educadora Lourdes Barreto estão confirmados. Juntam-se a elas as quatro atuais residentes do Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut Salvador-Bahia: a multiartista Jade Maria Zimbra, a artista visual Juliana dos Santos, a artista visual e educadora social Kika Carvalho e a coreógrafa Malu Avelar.
 
Em Berlim, as discussões, palestras e grupos de trabalho se darão online, conectados e simultâneos aos do Brasil, construindo pontes digitais transatlânticas. As unidades do Goethe-Institut de vários países também, especialmente da América Latina, engajarão suas comunidades em torno deste projeto internacional.
 
O evento se dispõe a dar substância aos propósitos da rede UNIDAS, lançada em abril de 2019, também em Salvador, e consolidada em maio daquele ano, na Alemanha, com objetivo de criar parcerias entre este país e os da América Latina e do Caribe, com foco na igualdade de gênero e no desenvolvimento de estratégias para promoção de sociedades mais estáveis e seguras. O grupo pretende fortalecer o envolvimento e a liderança das mulheres na sociedade, na política, na área de negócios e na ciência, além de fomentar um intercâmbio de aprendizado e colaboração mútuos entre estas regiões, onde movimentos pelos direitos das mulheres vêm sendo sistematicamente apoiados.
 
APOIO CONTINUADO EM SALVADOR – Membro-fundadora da UNIDAS junto a nomes como Natalia Gherardi, advogada e professora argentina, e Asiya Mohammed, que dirige a organização Conflict Women em Trinidad e Tobago, a atriz alemã Sibel Kekilli esteve em residência na capital baiana, entre janeiro e março deste ano, no Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut, aonde veio com objetivo de mobilizar ações para efetivar na cidade as intenções da rede. Em sua missão, articulou-se com a SPM-BA e foi responsável por levantar patrocínio para a inauguração, em fevereiro, da Casa Respeita as Mina, no Pelourinho, numa iniciativa da Maré Produções, em parceria com a SPM-BA, com patrocínio da Bahiatursa, do Goethe-Institut e da UNIDAS. Sibel, que alcançou fama mundial com seu papel como Shae na série “Game of Thrones”, milita pelos direitos das mulheres desde 2005. Foi embaixadora da Terre des Femmes por muitos anos e recebeu a Cruz de Mérito Federal 2017 por sua luta. Também apoia a organização Papatya, onde atua como patrocinadora da consultoria online Sibel.
 
Através da UNIDAS e do Governo Alemão, o Goethe-Institut Salvador também viabilizou, em meio à crise causada pela pandemia da Covid-19, em junho deste ano, a doação de 1.700 cestas básicas para distribuição entre mulheres em situação de vulnerabilidade social, por meio da Rede Mulher Solidária, liderada pela SPM-BA e com a participação de variadas instituições.
 
GOETHE-INSTITUT SALVADOR-BAHIA – Instituto cultural da República Federal da Alemanha, o Goethe-Institut, fundado em 1951, se dedica a fomentar o diálogo entre culturas e é a maior instituição de ensino de alemão no mundo. Atualmente, dispõe de uma rede de 159 unidades em 98 países de todos os continentes. A unidade do Goethe-Institut Salvador-Bahia foi criada em 1962 e, desde então, promove a aprendizagem da língua alemã, divulga uma imagem abrangente da Alemanha e realiza colaborações locais, nacionais e internacionais na área da cultura, com numerosos parceiros públicos e privados. É um espaço disposto ao exercício artístico-cultural, realizando ações próprias e oferecendo suporte a iniciativas de variadas espécies. Dispõe de teatro, foyer, galerias, biblioteca, ateliês, estúdios, salas de aulas, praças, pátio e café. Após mais de meio século de atividades contínuas na cidade, iniciou, em 2016, o Programa de Residência Artística Vila Sul, com a proposta de fortalecer interlocuções entre o Brasil e demais países do hemisfério Sul a partir do acolhimento de artistas e agentes culturais de diversas áreas, linguagens e origens. Noventa e oito residentes já experimentaram esta oportunidade.  

Top