Outubro 25. 2017 Oportunidade para Engenheiros na Alemanha

Engenharia
© Colourbox

Com uma das taxas de desemprego mais baixas do mundo (menos de 4%), a Alemanha sofre hoje com outro desafio: o de preencher os postos de trabalho vagos, especialmente em algumas áreas de atuação. A Engenharia é uma delas. Uma das soluções encontradas é buscar profissionais qualificados em outros países, como o Brasil. De olho nesta oportunidade, cerca de 60 pessoas assistiram presencialmente e outras 150 acompanharam a transmissão ao vivo do evento "Engenharia: Estudar e Trabalhar na Alemanha", realizado no dia 24 de outubro no Goethe-Institut Rio de Janeiro.

Segundo o jornal Die Welt, a expectativa é de que, até 2026, a Alemanha apresente um déficit de 100 mil engenheiros, especialmente de profissionais com especialidade em Engenharia Elétrica. A demanda por técnicos, sem formação universitária, também é alta no país. As áreas mais buscadas são:

  • Elétrica
  • Automotiva
  • Metalúrgica
  • Civil
  • De manejo de resíduos
  • De climatização e calefação
  • Tecnológica (TI)
  • De transporte sobre trilhos

Paul Voerkel, do DAAD, explicou o funcionamento do sistema universitário alemão e dos programas de bolsas oferecidos aos estudantes pela entidade.
 


Já Rayanne Azevedo, representando o Consulado-Geral da Alemanha, tirou algumas dúvidas sobre o mercado de trabalho alemão e as exigências para obtenção de visto de trabalho e estudo.
 

Juala Quast, do Goethe-Institut, falou sobre o nível de conhecimento da língua alemã exigidos pelos candidatos a vagas de emprego ou em universidades do país. Também apresentou os cursos oferecidos pelo instituto especialmente para aqueles que querem e precisam avançar muito rapidamente no estudo do idioma. Assista abaixo:
 


Por fim, os presentes puderam fazer perguntas aos palestrantes. Assista: