Acesso rápido:
Ir diretamente ao contéudo (Alt 1)Ir diretamente à navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Entrevista com Roberto Leher
“A EDUCAÇÃO ESTÁ CARREGADA DE LUTA DE CLASSES

Copyright: Revista Comando
Copyright: Revista Comando

Especialista em educação, Roberto Leher debruça-se sobre as interferências do capital no sistema educacional, analisando como, no Brasil, grupos empresariais atuam e fazem com que boa parte da população receba apenas uma “educação minimalista”.

 



Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher é também professor da Faculdade de Educação e da pós-graduação em Educação na mesma universidade. É coordenador do Colemarx – Coletivo de Estudos em Marxismo e Educação, que reúne alunos e docentes de universidades públicas para pesquisas e estudos sobre políticas educacionais, relações sociais e de trabalho com a educação e interferências do capital na formação educacional, tomando como base a teoria social marxista. Leher coordena ainda, na UFRJ, um grupo de estudos sobre “financeirização e mercantilização da educação”, que analisa a participação direta de fundos de investimentos nas instituições privadas e públicas de ensino, bem como nas políticas educacionais no Brasil. Defensor de “uma formação universalista no lugar da escola de caráter utilitarista”, Leher aponta: “É indubitável que, hoje no mundo, a educação está carregada de conflitos sociais, ou seja, ela está carregada de luta de classes”.
 

Top