Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1) Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Ngcobo, Gabi
Ecos do Atlântico Sul

Gabi Ngcobo

Gabi Ngcobo Gabi Ngcobo | © Masimba Sasa Nascida em 1974, Gabi Ngcobo trabalha desde o início dos anos 2000 em projetos artísticos colaborativos, curatoriais e educativos na África do Sul e em nível internacional. É uma das fundadoras das duas plataformas coletivas de organizações não governamentais sediadas em Joanesburgo: Nothing Gets Organised e Center for Historical Reenactments (CHR, 2010–14).

Recentemente, Ngcobo foi curadora da 10ª Bienal de Arte Contemporânea de Berlim (2018), participou da curadoria da 32ª Bienal de São Paulo (2016), bem como da exposição A Labour of Love (2015), no Museu das Culturas do Mundo, em Frankfurt am Main. Ela trabalhou para a Galeria Nacional Sul-Africana Iziko, na Cidade do Cabo, bem como para a Plataforma Cape Africa, onde participou da curadoria da Bienal Cape07, na Cidade do Cabo (2007). Desde 2011, leciona na Escola de Artes Wits da Universidade de Witwatersrand, na África do Sul. Atualmente vive e trabalha em Joanesburgo.
Top