Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1) Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Isaac Julien
Um maravilhoso emaranhado

Still de A Marvellous Entanglement – Isaac Julien (2020)
Still de A Marvellous Entanglement – Isaac Julien (2020) | © Isaac Julien

“O tempo linear é uma invenção ocidental; o tempo não é linear, é um emaranhamento maravilhoso, onde, a qualquer momento, pontos podem ser escolhidos e soluções, inventadas, sem começo nem fim.” – Lina Bo Bardi

Este trailer da instalação em telas múltiplas e a série fotográfica A Marvellous Entanglement (Um maravilhoso emaranhado, 2019) apresentam uma coleção dos prédios mais icônicos da artista ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, oferecendo uma meditação sobre a obra e o legado da visionária arquiteta e designer modernista (1914–1992).

Reparação histórica através de poesia visual

O artista britânico Isaac Julien responde às ideias de Bo Bardi com uma reflexão de final aberto sobre três construções: o Museu de Arte de São Paulo (MASP), o SESC Pompeia e o Teatro Oficina, largamente considerados marcos do Modernismo brasileiro e representativos de sua visão inovadora. 



“Lina Bo Bardi – A Marvellous Entanglement contempla a reparação histórica através de poesia visual, movida pela amplitude e poder da obra de Bo Bardi e uma crença profunda de que seu legado ainda está para ser totalmente reconhecido.” – Isaac Julien
Still de <i>A Marvellous Entanglement</i> – Isaac Julien (2020) | © Isaac Julien Still de A Marvellous Entanglement – Isaac Julien (2020) | © Isaac Julien Victoria Miro Gallery Brochure
 

Top