Regulamento
Filmoteca

Os filmes são emprestados para fins exclusivamente culturais, sendo proibida a cobrança de ingressos; poderá, porém, ser solicitada uma pequena quantia a título de colaboração, a fim de amenizar os custos.

Os filmes não poderão ser exibidos na televisão sem autorização expressa da Filmoteca. Os empréstimos são gratuitos.

Os filmes são cedidos por empréstimo a entidades de reconhecida idoneidade, devidamente credenciadas, mediante carta endereçada à Filmoteca. (Para cadastramento, veja carta-modelo para requisição deinscrição). 

É expressamente proibido o empréstimo dos filmes a terceiros.

Os empréstimos, para a cidade de São Paulo, serão de até sete dias, sendo que, para localidades distantes, poderão ter prazo mais longo.

Dois atrasos nas devoluções dos filmes poderão motivar a suspensão de futuros empréstimos, por tempo a ser determinado pela Filmoteca.

Os filmes serão entregues somente a mensageiros devidamente autorizados pela entidade inscrita. As remessas para fora do Estado de São Paulo serão feitas, sempre que possível, por via aérea, ou então por intermédio de agentes ou companhias de transporte rodoviário que façam a retirada e a devolução diretamente à Filmoteca.

As despesas de transporte correrão por conta da entidade requisitante. O valor para efeito de seguro, por filme, é de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

As entidades deverão fazer suas consultas ou reservas através do impresso (modelo solicitação de empréstimo de filmes) ou via e-mail. 

Os filmes serão acompanhados de um questionário que deverá ser preenchido e devolvido juntamente com as películas.

Consultas sobre o cinema alemão poderão ser feitas em nossabiblioteca.

A entidade solicitante é responsável pelo bom trato do material. Caso seja verificado que estejam ocorrendo avarias nas películas devido ao mal uso das mesmas ou por negligência do operador, a Filmoteca se reserva o direito de suspender os empréstimos e de cancelar as reservas que por ventura já tenham sido feitas. No caso de danos de maiores proporções ou perda do filme, a entidade solicitante deverá arcar com o pagamento de uma indenização proporcional, a ser calculada pela Filmoteca. A entidade que custeará as perdas, não terá direito ao filme ou à parte que reembolsar.

Instruções para o correto manuseio dos filmes

Os filmes do acervo têm grande valor histórico, artístico e cultural. Por serem cópias únicas e de difícil substituição, é necessário tomar cuidados especiais na manipulação das películas, antes e durante a projeção. Solicita-se, portanto, às entidades inscritas, que observem rigorosamente as seguintes instruções:

desligar a lâmpada do projetor, sempre que a projeção for interrompida, para evitar a queima de fotogramas;

verificar se as partes do projetor, por onde passa a película (engrenagens, peças de guia, etc.) estão perfeitamente limpas e em bom estado;

encaixar corretamente as perfurações laterais dos filmes nos dentes das engrenagens de tração;

instruir o operador a manter-se atento durante toda a projeção e a interrompê-la imediatamente, sempre que perceber qualquer irregularidade (imagem tremida, vibrações, ruídos estranhos, etc.), para evitar maiores danos;

havendo ruptura da película, jamais emendá-la com fita adesiva ou produtos semelhantes. A ponta partida deverá apenas ser introduzida sob a última camada de filme no rolo receptor;

rebobinar os filmes logo após a exibição e colocá-los nas respectivas embalagens;

guardar os filmes em locais adequados, evitando expô-los à umidade ou a altas temperaturas.