Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1)Ir diretamente à navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Blog da Berlinale 2020
“Tal día hizo un año”, longa de Salka Tiziana 

Tal dia fez um ano
Tal dia fez um ano |  © Salka Tiziana

Espaço para debate e descobrimento de novos autores, a Semana da Crítica de Berlim exibiu a notável obra-prima de uma cineasta a quem devemos seguir muito de perto: “Tal día hizo un año” (Tal dia fez um ano), de Salka Tiziana.

Por Javier H. Estrada

Nascida na Alemanha e criada em Barcelona, Salka Tiziana fez sua formação em cinema entre Hamburgo e Buenos Aires. Seu filme se passa na cordilheira de Sierra Morena, na Andaluzia, onde Larissa visita, com seus dois filhos, a propriedade de sua sogra. A família espera a chegada do pai das crianças, mas sua ausência se prolongará, obscurecendo paulatinamente o ambiente e cobrindo-o de uma implacável melancolia.

 

 TEMPO DE SILÊNCIO

A diretora emprega diferentes formatos, do 16mm ao digital, para imprimir uma ampla estrutura emocional, registrando com extrema sensibilidade reações sutis e silenciosas, bem como gestos fugazes que escondem um estado de espírito inquieto e fraturado. Partindo de uma proposta que flerta com o documental, o filme vai ganhando uma dimensão de grande poder de expressão, na qual o tempo cinematográfico se expande. Tiziana adota um olhar confiável e sincero sobre seus personagens, apoiando-se na imponente paisagem montanhosa e na passagem da água, que reflete suas sensações.

MEMóRIA PEssoAL

Essa estreita relação que a cineasta estabelece com o entorno vem de suas próprias recordações de infância, das impressões gravadas em sua memória depois de vários verões visitando Sierra Morena. Tanto a casa quanto a natureza são registradas com enquadramentos precisos e delicados, destacando-se além disso o brilhante uso da luz por parte do diretor de fotografia, Tom Otte.

Tal dia fez um ano é um filme de contrastes, lúcido na hora de captar as luzes e as sombras da emoção humana. Uma das estreias mais destacáveis vistas em Berlim. 

Top