Future Perfect Turismo comunitário na Amazônia

No norte brasileiro, iniciativa individual tenta fazer com que o turismo na região seja praticado de maneira consciente e sustentável, em defesa do ambiente e das culturas locais.

Dinael Cardoso dos Anjos, este brasileiro de sorriso largo e postura firme, nasceu em Santarém, no estado do Pará, e desde os 12 anos milita nas causas socioambientais com uma inquebrantável perseverança.

Uma das grandes lideranças locais, ele integra o Conselho Indígena do Tapajós Arapiuns (CITA), além de ter sido um dos incentivadores e protagonistas na criação da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, da qual é um entre os gestores atuais, uma Unidade de Conservação de Uso Sustentado, com área de 690 mil hectares, onde vivem 4600 famílias, em 75 comunidades, com uma população estimada em 19 mil pessoas.

Esta Unidade de Conservação – na qual os habitantes decidem de forma participativa seus destinos – é exemplo de alternativa para o uso sustentável da floresta. Infelizmente, esta porção de natureza preservada resta cada vez mais isolada frente aos desmatamentos, parcelamentos ilegais do solo e as monoculturas que avançam de forma acelerada na região.

Dinael Cardoso dos Anjos começou a empreender na região o que se chama de “turismo comunitário”. Este curta-metragem registra sua primeira experiência e documentaa atuação dos que defendem aquele patrimônio natural na região amazônica.
 
  • Árvore tipica da região © Pedro Barbosa
    Árvore tipica da região
  • Entardecer no rio Arapiuns<br> © Pedro Barbosa
    Entardecer no rio Arapiuns
  • Meninas ribeirinhas © Pedro Barbosa
    Meninas ribeirinhas
  • Meninas ribeirinhas e turista no rio Tapajós. © Pedro Barbosa
    Meninas ribeirinhas e turista no rio Tapajós.
  • Dinael dos Anjos © Pedro Barbosa
    Dinael dos Anjos
  • Rio Arapiuns © Pedro Barbosa
    Rio Arapiuns
  • Dinael dos Anjos e a turista Lu Grecco © Pedro Barbosa
    Dinael dos Anjos e a turista Lu Grecco
  •  © Pedro Barbosa
  • Rio Maro © Pedro Barbosa
    Rio Maro
  •  © Pedro Barbosa
  •  © Pedro Barbosa
  •  © Pedro Barbosa
  • Samaumeira gigante: para os nativos, a árvore da Floresta Nacional do Tapajós é sagrada. © Pedro Barbosa
    Samaumeira gigante: para os nativos, a árvore da Floresta Nacional do Tapajós é sagrada.
  • Dinael e tripulação do barco em que os turista viajam. © Pedro Barbosa
    Dinael e tripulação do barco em que os turista viajam.
  • Passeio turístico © Pedro Barbosa
    Passeio turístico