Threaks Sebastian Bulas

Sebastian Bulas estudou Design de Comunicação e arquivou seu diploma em 2010. Ele é um dos fundadores e um dos dois diretores-executivos da Threaks. Como produtor e diretor de arte, que também se envolve com a produção, ele é um membro-chave da empresa, que garante a abordagem única e de alta qualidade do desenvolvimento de cada projeto. Sebastian Bulas participou de Game Shows em todo o mundo e proferiu palestras em conferências como a GDC de São Francisco, a Cebit e a Expo 2015.

Estúdio

O estúdio Threaks foi fundado em 2011. A equipe de sete pessoas ganhou vários prêmios internacionais tanto da indústria fonográfica, quanto da indústria de games. Sua aventura musical de ação Beatbuddy: Tale of the Guardians foi aclamada pela crítica e ganhou numerosos prêmios, entre eles o Prêmio Alemão de Videogames, e foi selecionada entre os Melhores da Appstore de 2014 em seis países pela própria Apple. O Threaks é um dos organizadores da Indie Arena Booth na Gamescom, que ganhou o Prêmio Especial do Júri do Prêmio Alemão de Videogames de 2016 e organizou uma Diversity Game Jam (IG Jam) para mais de 180 pessoas de 27 países durante a Gamescom 2016.

Game no Game Mixer

Em Beatbuddy: Tale of the Guardians, o Threaks utiliza a música como elemento-chave do jogo de ação e aventura. Cada canção representa um nível diferente do jogo e as múltiplas pistas de uma canção são representadas por mecânicas diferentes de jogos. Isso possibilita ao jogador interagir com a música e, além disso, remixá-la de forma bem definida – trata-se de uma experiência de música não linear. O Threaks desenvolveu suas próprias ferramentas de áudio a fim de ampliar as possibilidades de uso de áudio na máquina Unity3D. Portanto, eles conseguiram sincronizar todas as animações mecânicas do jogo variações musicais em tempo real.