Workshop

Reconhecendo a importância dos booktubers para a formação do público leitor contemporâneo, o Goethe-Institut uniu-se às instituições #coisadelivreiro e Qué Leer para promover uma oportunidade de networking e de aperfeiçoamento profissional para expoentes da rede. O encontro proporcionou ao grupo de brasileiros, bolivianos e venezuelanos a oportunidade também de se aprofundar na literatura alemã contemporânea.

Após o workshop, cada um deles foi desafiado a produzir duas críticas de obras germânicas e, assim, concorrerem a uma viagem para a Feira do Livro de Leipzig. Dois terão assento garantido em uma das mesas de debate do evento - um dos principais do segmento no mundo -, onde falarão ao público sobre o trabalho de booktubing.

Assista às críticas produzidas pelos booktubers e vote nos dois vídeos (um produzido por brasileiro e outro, por hispano-americano) que merecem ganhar o prêmio.

Programação do workshop

1º dia (5 de julho)
A booktuber alemã Ilke Sayan compartilha suas experiências e algumas peculiaridades do mercado europeu. Traz também informações técnicas sobre os diferentes formatos de vídeo e as maneiras de prepara-los para o upload. Também são discutidas mudanças no YouTube e seus impactos para os criadores de conteúdo, assim como os desafios para se trabalhar em rede e os eventos que proporcionam conexões entre booktubers, blogueiros, editoras, livrarias.

2º dia (6 de julho)
Bruno Mendes, fundador e diretor do #coisadelivreiro, vai traçar um panorama do mercado editorial, começando pelo processo interno de produção do livro em uma editora, passando pela cadeia do livro e seus agentes e finalizando com o papel desempenhado pelo movimento Booktube na jornada do leitor.

3º dia (7 de julho)
O escritor e tradutor Marcelo Backes desconstrói preconceitos sobre a literatura alemã, como os de que ela é difícil, intelectualizada e hermética. Partindo de uma rápida perspectiva histórica, traça um panorama da literatura alemã contemporânea, focando em seus autores e obras mais importantes, assim como em fenômenos como o da literatura emigrante.

  • A booktuber boliviana Thalia Suarez é fotografada pela conterrânea Andrea Nava Renata Leite © Goethe-Institut
    A booktuber boliviana Thalia Suarez é fotografada pela conterrânea Andrea Nava
  • Rapha Pinheiro também fez registros de sua participação no primeiro dia do workshop Renata Leite © Goethe-Institut
    Rapha Pinheiro também fez registros de sua participação no primeiro dia do workshop
  • Biblioteca cheia para o início do encontro Renata Leite © Goethe-Institut
    Biblioteca cheia para o início do encontro
  • Almerinda Stenzel e Anja Riedeberger, do Goethe-Institut, dão as boas-vindas aos participantes Renata Leite © Goethe-Institut
    Almerinda Stenzel e Anja Riedeberger, do Goethe-Institut, dão as boas-vindas aos participantes
  •  Mabi Costa e Bruno Mendes, do #coisadelivreiro, apresentam singularidades do mercado editorial Renata Leite © Goethe-Institut
    Mabi Costa e Bruno Mendes, do #coisadelivreiro, apresentam singularidades do mercado editorial
  •  Renata Leite © Goethe-Institut
  •  Renata Leite © Goethe-Institut
  • A booktuber alemã Ilke Sayan compartilha suas experiências Renata Leite © Goethe-Institut
    A booktuber alemã Ilke Sayan compartilha suas experiências
  • Todos os booktubers se reúnem para uma foto de despedida do evento Renata Leite © Goethe-Institut
    Todos os booktubers se reúnem para uma foto de despedida do evento

Booktubers

Andrea Nava Cuellar Andrea Nava Cuellar, boliviana, é a criadora do canal Sumergida en las páginas, que conta com mais de 40 mil visualizações. Estudante de Comunicação Visual, essa grande fã de Harry Potter resenha obras de ficção, fantasia e literatura young adult (jovem adulto). Em um de seus vídeos mais assistidos, ela visita as livrarias mais populares de seu país. 
Sumergida en las páginas (Youtube)



Elizabeth Mariana Duque Vivas Elizabeth Mariana Duque Vivas, venezuelana, é a criadora do canal Badaoops, com quase 3 mil inscritos. Estudante de Marketing e de canto lírico, costuma mergulhar na literatura young adult (jovem adulto), clássicos e obras de ficção histórica. Aos 19 anos, leu “Os sofrimentos do jovem Werther”, de Johann Wolfgang von Goethe. 
Badaoops (Youtube)


Gisele Jordana Eberspächer Gisele Jordana Eberspächer, brasileira, assina o canal Vamos falar sobre livros?, com quase 25 mil inscritos. Jornalista e tradutora, ela se considera eclética: fala principalmente sobre literatura contemporânea, mas também sobre clássicos, quadrinhos, não ficção. Em seu canal, desde 2012, já resenhou mais de 400 livros.
Vamos falar sobre livros? (Youtube)


Isabella Lubrano Paes Manso Isabella Lubrano Paes Manso, brasileira, é a idealizadora do canal Ler Antes de Morrer, com quase 203 mil inscritos. Formada em Direito e Jornalismo, em 2015 deixou as redações para se dedicar integralmente ao canal – um projeto que já existia desde a faculdade. Já conta com mais de 180 livros resenhados e quer chegar aos 1.001.
Ler Antes de Morrer (Youtube) 


Johnny Cristina Scipioni Rodriguez Jhonny Cristina Scipioni Rodriguez, venezuelana, assina o canal Jhonny Scipioni, com 2.500 inscritos. A maior parte de sua audiência tem entre 12 e 17 anos. Os livros mais presentes em seu canal são os históricos, clássicos e de alta fantasia. A falta de hábito de leitura entre seus amigos foi um dos principais motivadores para que criasse o canal. 
Jhonny Scipioni (Youtube)


Pâmela Anselmo Gonçalves Pâmela Anselmo Gonçalves, brasileira, é conhecida como Pam Gonçalves por seus quase 250 mil inscritos. A publicitária é autora de livros como “Boa Noite” e “Uma História de Verão”. Começou a resenhar livros na web em 2009, mas inicialmente em formato de texto. Deixou o blog pelos vídeos em definitivo em 2014.
Pam Gonçalves (Youtube)


 Raphael Camara Pinheiro Raphael Camara Pinheiro, brasileiro, levou seu nome para o canal: Rapha Pinheiro, que tem quase 8 mil e 500 inscritos. Formado em Arquitetura e Urbanismo e mestrando em Comunicação Social, é apaixonado pelo mundo dos quadrinhos, gênero que domina seu Booktube. Inclusive leciona a arte de desenhar essas histórias em cursos livres. 
Rapha Pinheiro (Youtube)


Thalia Wara Suarez Toro Thalia Wara Suarez Toro, boliviana, é a criadora do canal Sweet Escape, com pouco mais de 4 mil inscritos. Estudante de Marketing, é também amante da fotografia. Viajar está entre as especialidades desta jovem, que já morou por um ano na Itália. A literatura alemã a remete à infância, por meio dos contos dos Irmãos Grimm.
Sweet Escape (Youtube) 

Facilitadores do workshop

Marcelo Backes Ana Branco © Goethe-Institut Marcelo Backes é escritor e tradutor, autor dos romances O último minuto (Companhia das Letras, 2013) e A casa cai (Companhia das Letras, 2015), entre outras obras. Doutor em Germanística e Romanística pela Universidade de Freiburg, na Alemanha, e professor da Casa do Saber do Rio de Janeiro, verteu ao português mais de 30 obras da literatura alemã.


Ilke Sayan Ilke ​Sayan é alemã e a booktuber criadora do canal BuchGeschichten (Histórias do Livro). Fez parte do júri de prêmios como Deutscher Buchpreis (Prêmio Alemão do Livro) e Alfred-Döblin-Preis. Em 2018, participou do painel de discussão “Blogger, Youtuber & Co. – Como as empresas trabalham com os influenciadores”, na Feira do Livro de Leipzig.

Bruno Mendes Bruno Mendes é fundador do #coisadelivreiro, empresa que presta consultoria em marketing e inteligência a editoras e livrarias – com ênfase na análise de dados, otimização de processos, treinamento, redução de custos, controle e reestruturação comercial. Ele foi escolhido embaixador do Brasil na Feira do Livro de Frankfurt em 2017.