Visita em Casa
David Wagner


 

David Wagner David Wagner | © Dirk Skiba David Wagner, nascido em 1971, estudou Ciências Literárias e Literatura Comparada em Bonn, Paris e Berlim. Teve sua estreia literária em 2000, com o romance Meine nachtblaue Hose [Minha calça azul-noite]. Seguiram-se os volumes de prosa Spricht das Kind [Fala a criança], Vier Äpfel [Quatro maçãs] e Welche Farbe hat Berlin [Qual a cor de Berlim]. Em seu mais recente romance, Leben [Vida], de 2013, uma montagem de ficção e autobiografia, o autor narra, em 277 miniaturas, a história do seu transplante de fígado.

Leben recebeu o Prêmio da Feira do Livro de Leipzig, em 2013, e com o Best Foreign Novel of the Year Award, na China, em 2014. Neste mesmo ano, David Wagner foi o primeiro convidado para a cátedra Friedrich Dürrenmatt de Literatura Universal, na Universidade de Berna. Vive em Berlim.


Perguntamos a David Wagner

O que você levou para casa depois desses três a quatro dias?
 
“Dois cadernos cheios de anotações e muitas memórias. E o desejo de fazer mais essas visitas às casas…”