Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1)Ir diretamente à navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Por um fio

Idioma alemão
Legendas inglês
Gênero documental
País Alemanha
Ano 2004
Direção: Katharina Peters
Produção: Katharina Peters Filmproduktion (Berlim)
Duração: 114 minutos

______________________________

Um casal que consegue superar uma crise intensa constitui o cerne do documentário. A cineasta Katarina Peters e seu marido Boris Babberkoff, um violoncelista de sucesso da Hungria, viajam para Nova York juntos logo após se casarem. Ele quer fechar um contrato com uma gravadora, ela quer fazer pesquisas para um novo filme. Mas Boris Babberkoff sofre um derrame. Sua vida está em perigo, ele mal consegue se mover e não consegue falar. A diretora decide documentar com uma pequena câmera de vídeo os problemas decorrentes dessa situação, bem como o financiamento para custear o tratamento médico e o processo de recuperação. Eles se apoiam para enfrentar o destino, não conseguem se acostumar com essa situação e lutam há cinco anos para alcançar a normalidade em seu dia a dia. Este diário de filme também mostra a diretora em seu novo papel de esposa de um paciente que sofreu um derrame. O filme ganhou um Silver Dove, além de três outros prêmios, no festival DOK Leipzig.

Este filme é um exemplo da nova estética alcançada com uma câmera mini-DV. Em contraste com as imagens de vídeo, algumas sequências de sonho foram filmadas em 35 mm e têm uma qualidade de imagem diferente. Peters está sempre muito próxima de seu protagonista, mas ela também se filma e comenta a situação atual. Com uma equipe de filmagem tradicional, isso não teria sido possível. Isso permite que você tenha uma visão aberta sobre seu relacionamento. Ele diz que só está interessada em seu filme. Ela confessa em seu comentário que se sente afastada do marido. Alguns críticos consideraram o filme um assunto muito íntimo, enquanto outros elogiaram a vontade, a bravura e o desejo de sobrevivência, que distinguem este filme de qualquer outro. A mobilidade e a disponibilidade constante da pequena câmera, bem como a renúncia ao uso de fontes de luz adicionais, têm um preço, sim: uma qualidade de imagem que não é ótima, poucos contrastes e baixa resolução. Esse aspecto, no mínimo, foi esquecido pelos críticos, já que a história em si era muito comovente.

Assistir ao filme agora
Top