Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1)Ir diretamente à navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Elvira Espejo Ayca

Elvira Espejo Ayca é uma artista visual, tecelã e narradora da tradição oral de seu lugar de origem (ayllu Qaqachaka, província de Avaroa, Oruro). Falante de aimará e quíchua, foi diretora do Museu Nacional de Etnografia e Folclore de La Paz, na Bolívia. Autora das publicações Sawutuq parla (2006) e do livro de poemas Phaqar kirki - T'ikha takiy - Canto a las Flores (2006), pelo qual recebeu o prêmio de poetisa internacional no quarto Festival Mundial de Poesia Venezuelana (2007), e Kaypi Jaqhaypi – por aqui, por allá (2018). Coautora de  Hilos sueltos: Los Andes desde el textil (2007), Ciencia de las mujeres (2010), Ciencia de Tejer en los Andes: Estructuras y técnicas de faz de urdimbre  (2012) El Textil Tridimensional: El Tejido como Objeto y como Sujeto (2013) e Tejiendo la vida: La Colección Textil del Museo Nacional de Etnografía y Folklore, según la cadena de producción, segundo a cadeia produtiva (2013). Em colaboração com o músico boliviano Álvaro Montenegro, produziu os DVDs de música contemporânea: Thakhi - La Senda Canciones a los animales (2007), Utach Kirki - Canto a las casas (2011) e Sami Kirki - Canto a los Alientos Sagrados (2017). Conquistou o 1º Prêmio Eduardo Avaroa de Artes, Especialidade Têxtil Nativa, em La Paz, Bolívia (2013), ganhou o 1º Prêmio de Promoção da Criação Indígena na Literatura, Especialidade Poesia, no âmbito do V Festival de Arte Sul-Andino Arica Barroca Chile (2018) e, em 28 de agosto de 2020, foi premiada com a Medalha Goethe pela República Federal da Alemanha por seu valioso trabalho de mediação cultural entre a América Latina e a Europa, e entre suas próprias tradições indígenas e outras culturas.
Top