Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1)Ir diretamente à navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Shara Huamán Julluni

Shara Huamán Julluni nasceu em Huanima, distrito Curahuasi, no departamento de Apurímac, Serra Sul do Peru. Quando ainda era adolescente, sua mãe fugiu de casa com os filhos em função da la violência do pai, o que fez com que chegassem a Abancay e depois a Lima, cidades nas quais ela foi incentivada a concluir a escola. Mais tarde, formou-se como técnica de enfermagem. Posteriormente, graduou-se na Universidade San Antonio Abad de Cusco e obtveve um mestrado como linguista andina. A experiência fez com que que Shara, durante toda sua vida, defendesse os direitos das mulheres e sobretudo das indígenas. Sendo assim, fundou a Associação das Empregadas Domésticas de Lima. Como vereadora em Abancay,  conseguiu que aprovassem vários decretos a favor da proteção da mulher, tanto em casa quanto no trabalho. Além disso, fundou a Associação de Mulheres Vereadoras do Peru. Seguindo outra de suas metas, o reconhecimento do direito de falar línguas nativas, deu aulas e traduziu  textos importantes para o quéchua. Atualmente é tradutora oficial do Judiciário no Peru. 
Top