Acesso rápido:

Ir diretamente ao contéudo (Alt 1)Ir diretamente à navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente à navegação principal (Alt 2)

Sociedade civil digital
30 experiências de inovação democrática na américa do sul e na alemanha

arte com elementos abstratos e fundo verde

Confira 30 projetos, iniciativas e movimentos na América do Sul e na Alemanha que buscam enfrentar inúmeras ameaças à democracia na era digital. 

Confira 30 projetos, iniciativas e movimentos na América do Sul e na Alemanha que buscam enfrentar inúmeras ameaças à democracia na era digital. 

Ao longo dos encontros realizados pelo Tramas Democráticas, foram mencionadas ou apresentadas iniciativas da sociedade civil de diferentes partes da América do Sul e algumas da Alemanha que têm experimentado práticas inovadoras para lidar com desinformação, polarização política, manipulação de emoções nas redes, vícios digitais, tecnologias racistas, uso de linguagens pouco compreensíveis, desigualdades nos espaços de poder,  apatia política, entre outras ameaças. 

Para além da tecnologia, essas experiências trazem inovações na forma como a sociedade civil trabalha em contextos de crescente digitalização. Por isso, organizamos a seguir as iniciativas a partir dos campos de práticas em que atuam. É um convite para aproximar e conectar profissionais e iniciativas que se dedicam a cada um desses campos e gerar oportunidades de colaboração na escala sul-americana.

Abaixo estão experiências inovadoras em práticas de inteligência coletiva, incidência política, difusão de conhecimento, educação e cultura, jornalismo, e cidadania digital no território.

PRÁTICAS DE INTELIGÊNCIA COLETIVA

arte com elementos abstratos e fundo verde

As iniciativas abaixo mostram como mobilizar indivíduos e coletivos para compreender e resolver desafios a partir de sistemas que combinam capacidades humanas e computacionais.

El Avispero 

É uma comunidade de agentes de mudança, pessoas como você e aqueles ao seu redor, conduzindo ações concretas para a transformação social. É uma plataforma colombiana para conectar, organizar, inspirar e mobilizar. Realizada pelo Movilizatorio.

Sleeping giants

Em 2020, o Sleeping Giants foi lançado no Brasil pelo Twitter, de maneira anônima, exercendo pressão sobre anunciantes de plataformas de mídia que financiam páginas reconhecidamente disseminadoras de discurso de ódio e notícias falsas. O movimento ganhou bastante visibilidade ao mobilizar de forma efetiva a opinião pública e o fluxo desses recursos.

Treta Aqui

Treta Aqui é plataforma que coleta denúncias de candidaturas atacando e sendo atacadas com discurso de ódio e desinformação  É um projeto fruto de uma articulação de entidades da sociedade civil brasileira que trabalham com temas de representatividade política de mulheres, pessoas negras, LGBT+, participação cidadã e direitos humanos nos meios digitais. Projeto da Coalizão de direitos na rede.

Liane 

Liane é uma plataforma criada pelo Instituto Update que oferece tecnologias e soluções abertas e gratuitas para facilitar a gestão e impulsionar ideias para transformar o mundo. Liane pode ser usada para melhorar o nível de engajamento de voluntários e mobilizadores de uma causa, movimentos, organizações, campanhas políticas e também mandatos do executivo ou legislativo que estejam interessados em experimentar ferramentas políticas inovadoras na América Latina.

DemoLAB

Este Laboratório de Inovação procura restaurar a confiança entre a Câmara Municipal de Bogotá e os cidadãos. Uma das experiências realizadas pelo DemoLAB é a primeira assembleia itinerante de cidadãos, com 160 pessoas escolhidas aleatoriamente para participar das deliberações da Câmara. O DemoLAB é fruto da cooperação entre a Câmara, com várias organizações da sociedade civil: Extituto de Política Abierta, Fundación Corona, iDeemos, Fundación Avina, Friedrich Ebert Stiftung e  Diseño Público.
 

PRÁTICAS DE DIFUSÃO DE CONHECIMENTO

Práticas de abertura e difusão de conhecimento
 

Os projetos abaixo trazem inovações na abertura e uso de dados, mas também em outras táticas para ampliar o acesso à informação pública, a partir por exemplo de plataformas ou outras interfaces e mídias digitais.

Frag den Staat

Frag den Staat é uma iniciativa alemã da Open Knowledge Foundation Deutschland e.V. que ajuda a trazer luz para a opacidade da administração pública. FragDenStaat atua sobre o direito de acesso a informações públicas, dando segurança para encaminhar pedidos, campanhas para gerar pressão em autoridades e pesquisas para dar visibilidade a questões latentes.

Base dos Dados 

Trata-se de um repositório de bases de dados disponibilizadas por mais de 500 organizações brasileiras e internacionais. A Base dos Dados tem a missão de  mapear e organizar bases de dados para facilitar o acesso e uso de dados por acadêmicos, jornalistas, desenvolvedores e sociedade civil.

Índice Coronavirus Digital 

Criado por uma coalizão da sociedade civil colombiana, o Índice publiciza de forma centralizada documentos e casos relacionados ao enfrentamento da pandemia e que impactam o exercício dos direitos humanos em espaços digitais na Colômbia. O objetivo é identificar questões relevantes, alimentar o debate público e tornar visíveis as ações do Estado e de alguns atores privados. Iniciativa citada pela Fundación Karisma, integrante da coalizão.

The Glass Room 

The Glass Room é uma intervenção criada pela Tactical Tech para desmistificar a tecnologia por meio de exposições imersivas, provocadoras e conduzidas pelos próprios participantes. O projeto começou como uma exposição realizada em Berlim, Nova York, Londres e San Francisco entre 2016 e 2019. A exposição já foi vista em mais de 40 países, em diferentes formatos, e recebeu uma nova edição totalmente digital em 2020, com o tema Desinformação.

LATINNO 

LATINNO é um projeto desenvolvido entre 2015 e 2020 pelo Centro de Pesquisa em Ciências Sociais (WZB) de Berlim que mapeou, organizou e disponibilizou inovações democráticas na América Latina. A base de dados publicada no site reúne mais de 3 mil iniciativas de 18 países latinoamericanos, que podem ser acessados com visualizações diversas e sob a luz de conceitos acadêmicos.
 

PRÁTICAS DE Incidência política

Arte abstrata com fundo verde

No coração de muitas organizações da sociedade civil está a busca por e influência nas agendas públicas. Aqui reunimos algumas iniciativas que têm explorado a incidência como terreno principal de atuação.

Com racismo não há democracia    

Trata-se de manifesto promovido pela iniciativa brasileira Coalizão Negra por Direitos, formada por cidadãos e organizações da sociedade civil, população negra organizada, mulheres negras, pessoas faveladas, periféricas, LGBTQIA+, quilombolas, religiões de matriz africana e pretos e pretas com distintas confissões de fé, povos do campo, das águas e da floresta, trabalhadores explorados, informais e desempregados.

Privacidad y Protección de Datos Personales

A ONG Internet Bolivia tem como uma das suas 4 agendas no campo de direitos digitais a privacidade e proteção de dados. Ela tem participado da elaboração da lei de proteção de dados no país. Além de buscar influenciar a criação de normas, também buscam estratégias para garantir o cumprimento da legislação e assegurar o respeito aos princípios estabelecidos. 

FeminIndex

A FeminIndex é uma ferramenta de origem argentina criada pela Economia Femini(s)ta com o objetivo de mapear o estado do debate em torno dos principais temas da agenda de gênero: direitos sexuais e reprodutivos, participação política e econômica, violência masculina e direitos LGBTTTIQ+. Este índice busca explicitar posições de candidatas e influenciar o debate, especialmente nas eleições.

PANE 

A PANE significa plataforma antirracista nas eleicões, projeto que o Instituto Marielle Franco construiu para mover as estruturas do sistema político no Brasil. O projeto funcionou durante a campanha eleitoral de 2020 buscando fortalecer candidaturas negras nos pleitos municipais. Um exemplo de resultado foi a incidência, em articulação a outros movimentos, no Tribunal Superior Eleitoral para cobrar que candidaturas negras tivessem condições financeiras e midiáticas menos desiguais de participação.

Union Afirmativa 

ONG venezuelana que promove o cumprimento das normas de direitos humanos contra a discriminação com base na orientação sexual e identidade de gênero.
 

PRÁTICAS EDUCATIVAS E CULTURAIS

arte com elementos abstratos e fundo verde


Nesse campo estão projetos que buscam gerar capacidades digitais e políticas, tomada de consciência sobre comportamentos digitais e construção de cultura democrática.
 

Minas Programam 

Iniciativa brasileira criada em 2015 para desafiar os estereótipos de gênero e de raça que influenciam nossa relação com as áreas de ciências, tecnologia e computação. Promovem oportunidades de aprendizado sobre programação para meninas e mulheres, priorizando aquelas que são negras ou indígenas.
 

Im.pulsa 

É uma plataforma online, aberta e gratuita criada no Brasil para inspirar, treinar e conectar a próxima geração de mulheres líderes na América Latina, auxiliando-as a superar desafios e produzir campanhas políticas vencedoras. Oferece formação para mulheres por meio de produtos práticos com linguagem acessível, afetiva, feitos por e para mulheres. Realizado por Instituto Update + #Elas no Poder!    
  

Data Detox Kit  

A partir de reflexões sobre como nos relacionamos com tecnologias digitais, o Data Detox Kit é uma iniciativa criada pela alemã Tactical Tech que traz um passo a passo para recuperar o controle sobre privacidade, segurança e bem-estar digital. É um conjunto de dicas práticas muito acessíveis em vários idiomas e replicáveis em diferentes contextos de aprendizagem.

Despolarize

É um projeto para ampliar o repertório para lidar com conflitos, oferecendo conteúdos e materiais para promover ações que estimulem melhores experiências de diálogo entre quem tem posições diferentes. É uma metodologia da iniciativa brasileira Politize!, organização sem fins lucrativos que desenvolve projetos de educação política. que tem sido replicada em diferentes conversas e que busca aumentar nossa capacidade de escuta, diálogo e convivência.

Innovación Pública 360 

Programa de inovação pública desenvolvido pela Asuntos del Sur,buscando o fortalecimento democrático de governos subnacionais na América Latina, através da formação de agentes públicos, desenvolvimento de plataformas digitais de inteligência coletiva e modernização institucional.

Computação Da hora

Buscando ampliar o acesso a conteúdos que explicam conceitos e processos digitais, a cientista da computação brasileira Nina da Hora criou o  projeto Computação da Hora para incentivar que as pessoas saiam da inércia diante da tecnologia. Com linguagem simples e direta, amplia o acesso ao pensamento computacional, contribuindo com o pensamento crítico e a diminuição de desigualdades.
 

PRÁTICAS DE JORNALISMO

arte com elementos abstratos e fundo verde


Aqui estão inovações no campo do jornalismo, que vão de bots a pesquisas sobre desertos de notícias, passando por táticas diferentes de checagem e análise de dados.
 

Observatorio Venezolano de Fake News 

O observatório é um projeto venezuelano promovido pela Associação Civil Medianálisis, que conta com equipe de profissionais de Comunicação Social e outros jornalistas que assumiram a tarefa de detectar, avaliar e desmentir notícias falsas no país.

Atlas da Notícia

Essa iniciativa aborda o fenômeno do deserto de notícias e foi criada pelo Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo), em parceria com Volt Data Lab. Desde 2017 são mapeados anualmente veículos produtores de conteúdo jornalístico – especialmente de jornalismo local – no território brasileiro.

Ecuador Chequea  

A iniciativa equatoriana dedica-se à verificação do discurso público e de conteúdos enganosos que circulam na Internet equatoriana. A plataforma é uma iniciativa da Fundamedios, que desde 2007 defende a liberdade de expressão e de imprensa, promove o jornalismo de qualidade e treina jornalistas.

Sobrevivientes 

Esta reportagem investigativa especial foi realizada pelo Datasketch, organização colombiana que une capacidades em ciência de dados, jornalismo e design. Na reportagem, apresentam a situação atual de violência de gênero na Colômbia através da visualização e análise de dados que duas entidades nacionais coletaram.

Pegabot/ Atrapabot

Pegabot e Atrapabot são dois projetos brasileiros de educação midiática com o objetivo de fortalecer o ecossistema de combate ao uso de robôs para disseminar desinformação na América Latina. Ferramenta desenvolvida pelo ITS Rio em parceria com o Instituto de Equidade & Tecnologia para apoiar a criação de narrativas sobre o tema por pesquisadores e jornalistas investigativos.


PRÁTICAS DE CIDADANIA DIGITAL NO TERRITÓRIO

arte com elementos abstratos e fundo verde

Reunimos aqui projetos que tem no território o eixo central de trabalho. São táticas diversas, que têm contribuído de forma exemplar para a construção da cidadania em contextos de digitalização.

(Re)age SP - Virando o jogo das desigualdades na cidade 

O programa brasileiro parte da premissa de que as desigualdades representam os principais obstáculos para uma cidade mais justa e por isso estabelece 50 metas concretas para temas urgentes à população, baseadas em planos setoriais já existentes e aprovados, a serem cumpridas no longo prazo. Realizado pela Fundação Tide Setúbal, em parceria com o Coletivo Delibera Brasil e a Rede Nossa São Paulo.

data_labe 

O data_labe é um laboratório de dados e narrativas na favela da Maré – Rio de Janeiro. O laboratório nasceu em 2015 nas dependências do Observatório de Favelas, em parceria com a Escola de Dados (OKF), e hoje se estabelece como organização autônoma e autogerida. A equipe é composta por jovens moradores de territórios populares que produzem novas narrativas por meio de dados.

Plataforma Cidades

A iniciativa brasileira consiste em formação para candidatas de origem periférica/negra. Plataforma para trabalhar elementos relativos ao direito à cidade, inspirar campanhas e mobilizações relacionadas ao direito à cidade, apontar, fortalecer e ser espaço de encontro de candidaturas que carregam essa bandeira. Realizada pela Fundação Tide Setubal em parceria com Instituto Pólis, Programa Cidades Sustentáveis, Rede Nossa São Paulo, Br Cidades e Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-SP).

PretaLab 

Criado pelo Olabi em 2017, o PretaLab  é um guarda-chuva de iniciativas voltadas para estimular e inserir mulheres negras nas áreas de tecnologia e inovação. Como diz a co-diretora Sil Bahia “é um projeto-causa que busca falar com essas mulheres que representam 28% da população brasileira. Busca seguir a ideia da professora, filósofa e ativista norte-americana Angela Davis que diz que quando uma mulher negra se movimenta, toda a sociedade se movimenta com ela”.
 

Quem faz o tramas democráticas acontecer 

Conheça aqui a lista de participantes do projeto Tramas Democráticas, composta por ativistas, pesquisadoras/es, empreendedoras/as e jornalistas de diversos países da América do Sul.

Top