Entrevista
O começo: Delfina Foundation

Amanda Abi Khalil
© Delfina Foundation

Foi na sua pequena sala, na Delfina Foundation, em Londres, que Amanda Abi Khalil teve as primeiras inspirações para o que viria a se tornar, três anos depois, o projeto “A Casa é Sua”. A curadora falou sobre o trabalho e sobre a expectativa para a abertura da exposição para o site da instituição londrina que promove a arte e conecta artistas, curadores e pesquisadores.

De sua casa, em Santa Teresa, Amanda gravou um vídeo para a edição do dia 14 de maio do "Family Lunch, Home Delivery", versão online dos tradicionais almoços promovidos pela fundação voltados para artistas residentes, apoiadores e funcionários, bem como para convidados de toda a comunidade artística do Reino Unido.

Foi em um desses eventos, em março de 2018, que Amanda conheceu Frances Reynolds, que posteriormente a hospedou em sua casa no Rio de Janeiro. Frances é diretora fundadora do Instituto Inclusartiz, instituição carioca que tem como missão promover o diálogo e a integração entre cultura e educação. 

No vídeo, disponível no site da Delfina Foundation, Amanda fala dos preparativos para a exibição, que aborda temas como hospitalidade e as relações entre anfitriões e convidados, da perspectiva da migração. O trabalho é inspirado na enorme comunidade de libaneses e descendentes de libaneses no Brasil, assim como nas relações entre os dois países.

Assista à entrevista de Amanda, em inglês, no site da Delfina Foundation (parte 3).

Top