Blog da Berlinale 2019

Berlinale Blogger 2019 Graphic: Lea Delazer © Goethe-Institut

Todo ano, em fevereiro, o circuito do cinema encontra-se em Berlim. A pedido do Goethe-Institut, 12 jornalistas e críticos de cinema apresentam suas respectivas visões da Berlinale. Neste ano, eles vêm de países como Alemanha, Austrália, Brasil, China, Grécia, Itália, Noruega, Rússia, Reino Unido e Taiwan. Para o Blog da Berlinale, eles saem em busca de históricas notáveis tanto nas telas quanto por trás dos bastidores.



















Blog da Berlinale 2019: quem escreve

Egito
Noha Abdelrassoul

é jornalista freelancer e estudante de Literaturas Europeias e Mídia na Universidade do Sarre.


Philipp Bühler Foto: © Arquivo particular

Alemanha
Philipp Bühler

Crítico independente de cinema, escreve sobre a Berlinale desde 2000.


CHEN Yun-hua

China
Yun-hua Chen

É especialista em cinema, curadora independente e crítica. É mediadora do podcast Reel Chats.


Andrea D'Addio Foto: © Arquivo particular

Itália
Andrea D'Addio

Como jornalista, cobre festivais internacionais de cinema para mídias italianas e alemãs.


China
Ding Dawei

é crítico de cinema e curador, entre outros do Festival de Curtas-Metragens de Pequim.


Noruega
Alva Gehrmann

trabalha como jornalista freelancer para as publicações DIE ZEIT, FAZ e Spiegel Online.


Camila Gonzatto Foto: © Arquivo particular

Brasil
Camila Gonzatto

É roteirista, diretora de cinema e televisão e colaboradora do site do Goethe-Institut no Brasil.


Taiwan
Man Jung Ma

é jornalista freelancer e já cobriu por várias vezes o Festival Internacional de Cinema de Cannes.


Egor Moskvitin Foto: © Arquivo privado

Rússia
Egor Moskvitin

É crítico de cinema, diretor de programação do Festival "Pilot" e professor da Escola de Cinema de Moscou.


Reino Unido
Joseph Walsh

é jornalista freelancer especializado em cinema, tendo colaborado, entre outros, para o TimeOut e o The Guardian.


Sarah Ward Foto: © Darren Ward

Austrália
Sarah Ward

É crítica independente de cinema e escreve, entre outros, para a Screen International e a ArtsHub.


Top