Ecos do Atlântico Sul
SOBRE O FUTURO DAS RELAÇÕES TRANSATLÂNTICAS DO SUL

Echoes © Goethe-Institut

Até o século XV, o Atlântico foi a fronteira distinta entre a África e a Europa de um lado, e a América de outro. A história do cruzamento do Atlântico seguida pela narrativa muito conhecida dos “descobrimentos”: a colonização, escravidão, exploração, migração e prosperidade europeia. A troca entre os três continentes criou uma dinâmica cultural que mudou fundamentalmente todos os três continentes. Qual é a situação em relação ao Triângulo Atlântico no século XXI? Como será o futuro cultural do Atlântico Sul? E qual será o papel da Europa em relação à África e à América do Sul, 500 anos após haver tomado de várias formas a posição de poder hegemônico colonial?

 


 

Contato

Julian Fuchs
Diretor da Programação Cultural para São Paulo e América do Sul
julian.fuchs@goethe.de
Top