Graduações em sustentabilidade
De toxicologia a desenvolvimento do turismo

Cada vez mais cursos universitários apostam na proteção do meio ambiente e na sustentabilidade.
Cada vez mais cursos universitários apostam na proteção do meio ambiente e na sustentabilidade. | Foto (detalhe): © Adobe

Não seria ótimo se pudéssemos simplesmente frequentar na universidade uma graduação chamada “Como melhorar o mundo”? Infelizmente, isso não é tão simples assim. Mas hoje, na Alemanha, já há vários cursos universitários na área de sustentabilidade que chegam bem perto deste propósito. Aqui, uma seleção.

1. Ecotoxicologia, Universidade de Koblenz-Landau


Quando um petroleiro naufraga ou uma fábrica explode, o que acontece quando são liberadas substâncias tóxicas em nosso ambiente? Este curso de mestrado com aulas em inglês, trata do impacto de substâncias químicas na natureza. Ele combina química ambiental com toxicologia, ecologia, ciências sociais e economia ambiental. Após a conclusão do curso, os estudantes têm a oportunidade de seguir carreira em instituições científicas e institutos de pesquisa, serviços públicos e ministérios, na indústria ou em empresas de consultoria.

2. Energias Renováveis, Campus Ambiental Birkenfeld / Escola Superior Técnica de Trier

Energia eólica, solar e biomassa – o setor de energia renovável está em expansão. O objetivo desta graduação é formar futuras engenheiras e engenheiros industriais com conhecimentos técnicos, econômicos, jurídicos e ecológicos necessários para este campo de trabalho. E mais: o campus ambiental é o único do mundo com emissão zero, pois obtém eletricidade e calor exclusivamente a partir de fontes de energia renováveis.

3. Prevenção e Controle de Riscos, Escola Superior de Ciências Aplicadas de Hamburgo

Em nossa sociedade, há uma grande demanda por especialistas qualificados para prevenir situações de perigo, como catástrofes naturais e acidentes químicos, ou reagir de maneira adequada em situações de emergência. Além de estudos de engenharia, estudantes ainda adquirem habilidades práticas, que os qualificam para atividades nas áreas de proteção civil, gestão de riscos e prevenção de incêndios.

4. Ciências Ambientais, Universidade Albert Ludwig, Freiburg

A água, o solo, o ar, a floresta, a paisagem e o ambiente criado pelo ser humano constituem o conteúdo deste curso universitário. A formação em Biologia Ambiental é uma combinação dos campos de Química, Física e Direito Ambientais. Estudantes podem trabalhar nas áreas de transformação do sistema energético e proteção da natureza nas esferas pública e privada, e ainda em escritórios de planejamento e empresas industriais.

5. Ciências Agrárias e Alimentares Sustentáveis, Escola Superior de Economia e Meio Ambiente de Nürtingen-Geislingen

A população mundial está crescendo e precisa ser alimentada. Assegurar a alimentação mundial, lidar com a mudança climática e a proteção ambiental e dos animais são, portanto, o foco deste curso universitário. Nesta graduação, estudantes buscam caminhos para a produção, processamento e distribuição sustentáveis de alimentos, matérias primas e energia de base orgânica. Oportunidades profissionais podem ser encontradas na indústria alimentar, em bancos e empresas de consultoria, além de organizações e associações civis de âmbito regional, nacional ou internacional.

6. Design Sustentável, Ecosign / Escola Superior Alanus em Alfter

Copos descartáveis sem plástico ou comercialização do artesanato de países em desenvolvimento: este é o curso de Design de Produtos e Comunicação do futuro. Em cooperação com a Academia de Design Ecodesign de Colônia, estudantes adquirem, por um lado, as habilidades criativas, técnicas e estéticas de designers. Por outro lado, as dimensões ecológicas, econômicas, sociais e culturais integram a formação. Esta graduação é paga.

 

7. Desenvolvimento turístico sustentável, Escola Superior de Heilbronn

A mobilidade nunca foi tão grande quanto hoje. As viagens, porém, exercem grande impacto no meio ambiente e na sociedade. Na Escola Superior de Heilbronn, além de aulas de economia pública, administração, geografia e direito, estudantes de turismo também aprendem sobre sustentabilidade. Após a conclusão, podem encontrar oportunidades de trabalho em associações de turismo, organizações de ajuda internacional ou na administração de parques nacionais.

8. Comunicação intercultural, Universidade Técnica de Chemnitz

Conversamos via Skype com colegas de trabalho indianos, comemos sushi no almoço e conversamos sobre música estadunidense em viagens de negócios a Istambul. A que cultura pertencemos, afinal? Em Chemnitz, o foco está nas estruturas de formação de identidade. Estudantes aprendem sobre mecanismos de cultura, idioma, comunicação digital, mobilidade e racismo. A exploração de diversas perspectivas culturais dá qualificação para trabalhos no setor de administração ou de relações públicas de empresas internacionais.

9. Ecologia Urbana, Universidade Técnica de Berlim

Como será uma cidade atraente do futuro? Cidades verdes não têm apenas mais qualidade de vida – elas são sobretudo mais sustentáveis. Estudantes devem se especializar em desenvolvimento urbano ecológico e na concepção de cidades sustentáveis. Para isso, este curso de mestrado combina pesquisa com planejamento e tecnologia ambientais.

10. Economia e Ética, Negócios Sociais, Universidade de Vechta

A pobreza, a desigualdade global e a mudança climática representam problemas enormes para a população mundial, que são, porém, muitas vezes exacerbados em vez de melhorados pelos mercados globais. Em Vechta, além de princípios de administração de empresas e economia, estudantes também aprendem ética empresarial e responsabilidade social corporativa. O objetivo é ensinar a conectar a responsabilidade e a busca do lucro, combinando pensamento econômico com empenho social.

 

Top