Leitura na aula Gosto pela leitura – na aula de alemão como língua estrangeira?

Jovens leitores
Jovens leitores | Fotografia (recorte): © WavebreakmediaMicro / Fotolia.com

Ler literatura na aula de língua estrangeira representa um desafio para alunos e professores. Os jovens leitores não leem hoje menos que antes, apenas de outra maneira: principalmente online e de modo mais seletivo. Sobre quais assuntos os alunos se deixam motivar para ler literatura, textos mais complexos? Até que ponto a linguagem pode ser complicada? Onde encontro a leitura adequada? Os professores que gostariam de introduzir seus alunos à leitura procuram uma resposta a essas perguntas.
 

Quando se envolvem com a literatura, alunos e alunas aprendem a lidar com uma grande variedade de tipos de texto e estratégias para dominar o texto. Dessa forma, se abrem novos conteúdos, até agora desconhecidos. Na aula de línguas estrangeiras, os alunos aprendem como podem adquirir o domínio crescente da língua, em pequenos passos sucessivos e de forma cada vez mais independente. Usando uma postura de abordagem descontraída e com coragem de enfrentar lacunas de compreensão, a leitura será motivada e o fator de entretimento terá maior peso.

Voltar para o livro clássico depois de ler online?

Hoje, os jovens leem principalmente online e “... com a digitalização, [aumentam] as exigências relativas à nossa competência ao ler e falar” (Monika Reitprecht: Leitura digital).
Jugendliche lesen heute überwiegend online © Tom Wang - Fotolia.com Navegar dando saltos ao ler online leva a inúmeras impressões de leitura, mas não impreterivelmente a um crescimento do conhecimento ou até mesmo a maior gosto de ler: “Vinte por cento dos adolescentes não sabem ler compreendendo o sentido” (Verena Gangl: Adolescentes leem de outra maneira). Paralelamente a uma inundação de propostas digitais, como e-books e audiobooks, o livro clássico volta a ocupar uma posição de destaque, com concursos de literatura, festivais de leitura, ações de troca de livros, clubes e salas de leitura.

O que ler – e como?

Os professores podem tentar, já a partir do terceiro ano de ensino de alemão como língua estrangeira (DaF, na sigla em alemão), ler um texto literário e explorá-lo em conjunto, inclusive no caso de jovens alunos a partir de 11 ou 12 anos de idade. Editoras renomadas oferecem o volume adaptado e ajudas didáticas correspondentes para o nível A1, como, por exemplo, o Ernst Klett Verlag, o Hueber Verlag, o Cornelsen Verlag. As dicas de leitura para adolescentes da fundação “Stiftung Lesen” também oferecem uma sinopse.
 
Como os planejamentos de curso das aulas de línguas estrangeiras geralmente deixam margem para escolher a leitura, os alunos poderiam participar da decisão, por exemplo, por meio de uma caixa ou estante que contenha livros planejados ou já lidos. Os alunos também podem ler capítulos de amostra em pequenos grupos, apresentá-los na classe e, em seguida, escolher em conjunto. Ou o professor faz um breve resumo de várias propostas e as apresenta em forma de auxílio para tomarem a decisão.
 
Além do âmbito do texto, do nível do idioma e do contexto social e cultural adequado do livro para a faixa etária, é importante que a leitura seja divertida. Quando um texto for adequado, porém grande demais, ele pode ser lido em trechos ou um grupo de alunos e alunas faz uma parte da leitura de cada vez e conta aos outros sobre isso.
 
A leitura pode ser explorada, inclusive em sequências, por diferentes caminhos, empregando materiais adicionais que também estejam relacionados com canais adicionais de aprendizagem, como filmes, quadrinhos ou áudios.

Fizemos nossa escolha – e agora?

Hoje, para muitos livros, existem contextualizações adequadas, materiais adicionais, games, blogs, vídeos no YouTube, que são apresentados como um pacote completo e oferecidos pelas editoras para as escolas sob medida. As simplificações e visualizações motivam mais os jovens leitores a continuarem lendo do que fazer exercícios de livros escolares e preencher textos de lacunas, ou responder perguntas sobre casos gramaticais ou estruturas.
 
A editora Spaß am Lesen oferece leituras originais, por exemplo, filmagens de livros literários em linguagem simplificada, letra grande e com vocabulário explicativo. Esses livros visam a introduzir à literatura pessoas que têm dificuldade em ler, uma fórmula que também poderia servir de ponte para a leitura de textos originais para pessoas que aprendem alemão como língua estrangeira.
 
O livro “Tschick” de Wolfgang Herrndorf é relativamente curto no original e redigido em uma linguagem fácil de compreender, mas ainda muito exigente para a aula de língua estrangeira. A versão fortemente simplificada da editora Spaß am Lesen pode servir como meio de acesso, por exemplo, com auxílios adicionais de didatização, por exemplo, da editora Rohr.
 
O livro “Scherbenpark” de Alina Bronsky oferece uma boa visão sobre focos sociais e a vida de jovens de famílias imigrantes. O filme “Das Wunder von Bern” (O milagre de Berna) também deu origem a um livro fácil de ler e tanto o filme quanto o livro servem de base para uma aula de alemão como língua estrangeira interessante e atual. Ambos os filmes podem ser alugados nos Goethe-Institute no exterior.

  Descubra, junto com seus alunos e alunas, quais estratégicas podem fazer com que a leitura se transforme em uma verdadeira experiência. Esse tipo de êxito motiva a continuidade da leitura e representa uma ponte importante para um aprendizado bem-sucedido.
 

Outros projetos de literatura e sugestões de leitura na Web

Fundamentos de referência de literatura para adolescentes entre 12 e 19 anos; adequado como modelo para avaliação de textos e oferece listas de literatura para vários níveis em diversas línguas.

O portal Litrix.de apresenta vários novos lançamentos no mercado de livros alemão e oferece informações abrangentes sobre este.

O projeto Lesen in der Fremdsprache (Leitura na língua estrangeira) da PH de Ludwigsburg pesquisa como o comportamento da fala dos alunos é modificada através de tempos de leitura predefinidos durante o período letivo.

Languages on the Web oferece textos em dois idiomas para leitura online.


Deutsch-Portal com proposta de vários textos de leitura didatizados sobre muitos assuntos.

deutschalsfremdsprache.ch é uma proposta suíça abrangente de textos literários breves e materiais adicionais. Assessoramento externo – “Frühes Deutsch”
Consultoria externa – Alemão Inicial
Dra. Luiza Ciepielewska, Universidade de Poznan, Instituto de Linguística Aplicada
Ernst Endt, Professor convidado da Universidade de Eichstätt, professor de Inglês e Geografia
Angelika Kubanek, Professora de Didática Inglesa, TU de Braunschweig
Beate Müller-Karpe, professora e ex-professora orientadora especializada da ZfA (Holanda, França) e assessora de departamentos (República Tcheca)
Holger Wendlandt, ex-orientador especializado da ZfA na Hungria, professor de Matemática e Física em Kiel