Live no YouTube GoeTube conversa: A Cena Atual dos Quadrinhos Alemães

GoeTube conversa: Rapha Pinheiro e Augusto Paim © Goethe-Institut Rio de Janeiro

6ª, 06.11.2020

Rapha Pinheiro e Augusto Paim falam sobre tendências, formas narrativas, intercâmbios com o Brasil e o mercado de tradução

O booktuber Rapha Pinheiro conversa com o jornalista e tradutor Augusto Paim sobre a cena artística de quadrinhos na Alemanha: desde seus protagonistas, tendências, formas narrativas e gêneros, até seus intercâmbios com o Brasil e sua tradução para o português. O bate-papo acontece em uma live no canal do GoeTube no YouTube, na sexta-feira, 06/11, às 18h30.

Assim como no Brasil, a Alemanha possui uma cena de artistas engajados em publicar e furar suas bolhas de leitura, na busca por um mercado mais abrangente e internacional. Atualmente a cena germânica das histórias em quadrinhos não pode ser definida através de um estilo uniforme ou de temas específicos. Na realidade, há uma grande diversidade que envolve tanto gêneros quanto técnicas narrativas. Tudo está representado: graphic novels de crítica social, biografias, quadrinhos clássicos, mangás, reportagens em quadrinhos e histórias independentes bizarras.

Paim, por morar na Alemanha há 7 anos e trabalhar diretamente com o mercado local, conhece os autores expoentes, as novidades e os editores que estão movimentando a cena no sentido da difusão e divulgação do material de produção nacional, que só cresce.

Os quadrinhos constituem um dos poucos setores do mercado livreiro que vivencia um crescimento constante. Todo mês são lançadas inúmeras publicações novas – e muitas delas são traduções de títulos em línguas estrangeiras. Cresce o número de novas histórias em quadrinhos publicadas na Alemanha – em parte devido a uma série de artistas jovens que vão direto das escolas superiores de arte para o mercado editorial. Eles abordam sobretudo temas sociopolíticos atuais, além de personalidades históricas.

Durante o bate-papo, Rapha Pinheiro e Augusto Paim abordarão desde os autores independentes, com produção autoral e impressão artesanal, como as grandes editoras, que publicam e exportam seus títulos para fora da Alemanha.

Sobre Augusto Paim 
Jornalista formado pela UFSM e mestre em Letras/Escrita Criativa pela PUCRS. Em 2019, concluiu o doutorado com bolsa DAAD/CAPES na universidade Bauhaus em Weimar, Alemanha, com uma tese sobre reportagem em quadrinhos. Em parceria com o Goethe-Institut, foi curador do projeto Osmose de intercâmbio de quadrinistas e organizador do I e do II Encontro Internacional de Jornalismo em Quadrinhos. Atua ainda como tradutor e repórter, realizando reportagens e traduções tanto em prosa quanto em quadrinhos.  Atualmente vive na capital alemã, onde trabalha no Literarisches Colloquium Berlin, um centro de literatura fundado em 1963 às margens do Lago Wannsee. Lá, é responsável pelo portal alternativo de notícias LCB diplomatique, no qual protagonistas da vida literária do mundo inteiro lançam um olhar sobre temas prementes da sociedade por meio de um texto curto e uma foto.

Voltar