Emo de Medeiros
FEV - MAR 2019

Emo de Medeiros bio Gaële de Medeiros

Emo de Medeiros (nasc. 1979) vive e trabalha em Cotonou (Benin) e em Paris. Estudou na Ecole Normale Supérieure (Paris/Ulm), Ecole Nationale Supérieure des Beaux-Arts (Paris) e na Massachusetts College of Art (MassArt).

Sua obra se baseia em um único conceito que ele chama de "contextura" e explora as interconexões, hibridizações e circulações de formas, mitos e mercadorias no contexto de um mundo pós-colonial, globalizado e digitalizado.
 
Centra-se em espaços transculturais, questionando noções tradicionais de origem, locus ou identidade e investigando suas mutações em narrativas não lineares.
 
A obra artística de Emo de Medeiros sempre incluem  uma dimensão conceitual saliente e se caracterizam por uma abordagem participativa e ritmica, fundindo elementos tradicionais, técnológicos e semiológicos em formas transmidias.
 
Dentro de sua prática, Emo de Medeiros emprega uma variedade de mídias, incluindo desenho, escultura, vídeo, fotografia, montagem, arte performática, música eletrônica, instalações, pintura e tecido aplainado.
 
Seu trabalho já foi exibido internacionalmente, na França (Centre Pompidou, Palais de Tóquio), na Alemanha (MARKK Hamburgo), Brasil (Videobrasil Festival de Arte Contemporânea de São Paulo), Nigéria (LagosPhoto), Reino Unido, Japão, China, nas bienais de Marraquexe, Dakar e Casablanca.
 
Emo de Medeiros é bolsista da Associação Cultural Videobrasil como residente da Vila Sul.

Logo Videobrasil © ACVB