Artes visuais e música “Magia Negra”: mostra de performances, vídeos e música exalta poéticas afro-brasileiras

Mostra Magia Negra © Juliana Rangel

5ª, 28.11.2019 -
sáb, 30.11.2019

Espaço Coaty

Ladeira da Misericórdia s/n
Salvador

Com realização do Goethe-Institut Salvador e curadoria de Tiago Sant’Ana, evento ocupa o Coaty de 28 a 30 de novembro
 
A série de mostras artísticas do ano de 2019 do Goethe-Institut Salvador-Bahia se encerra de forma diferenciada: o instituto expande a ideia de exposição e se desloca ao Coaty, na Ladeira da Misericórdia, no Centro Histórico de Salvador, para apresentar o projeto “Magia Negra”, unindo artes visuais e música. Com curadoria de Tiago Sant’Ana, a mostra tem como eixo central a investigação sobre as poéticas artísticas afro-brasileiras contemporâneas, entendendo as suas especificidades de construção em meio à unidade em torno desse termo maior. Será uma ocupação de três dias, de 28 a 30 de novembro, sempre com início às 19h, com entrada gratuita e classificação indicativa de 18 anos. Todos os dias, o bar Velho Espanha é quem estará servindo um cardápio especial de comidas e bebidas.
 
O nome do evento surge numa tentativa de ressignificar um insulto comumente associado às comunidades negras e suas relações com universos religiosos e metafísicos. “Magia negra se atualiza na mostra como o poder da comunidade em reimaginar suas existências no contexto brasileiro”, afirma Tiago Sant’Ana. “Essa é a magia negra: conseguir criar zonas de fuga e perpetuar um imaginário mesmo com a estrutura social indicando o contrário”, analisa ele.
 
Na programação, performances e vídeos em que artistas trazem intersecções entre corpo, memória e as linguagens artísticas contemporâneas. Participam os artistas visuais Ayrson Heráclito, Castiel Vitorino Brasileiro, Frutífera Ilha, Juliana dos Santos, Laís Machado, Keyla Serruya, Natasha A. Kelly, Ng'endo Mukii, Safira Moreira, Sanara Rocha, Thiago Amepreta, Tina Melo e Yasmin Nogueira. A parte musical fica com Ace of Diamonds, Banda Didá, DICERQUEIRA, DJ MvNiggv, DJ Pivoman e Malayka SN.
 
Além disso, a Revista Gravidade lançará sua edição de novembro, com distribuição de exemplares, apresentação de performance de dança do Coletivo UMBURANA, formado por Hiago Ruan e Iago Araújo, além de exibição de entrevista realizada pela publicação com a artista Michelle Mattiuzzi. Os visitantes também poderão assistir ao lançamento da websérie “InstruMentes”, que acompanha os processos criativos e o nascimento das obras de seis artistas, musicistas e músicos-inventores.
 
“Magia Negra” assim encerra um programa de quatro exposições promovidas pelo Goethe-Institut Salvador em 2019, com organização do artista visual e curador baiano Tiago Sant’Ana, com objetivo de relacionar a produção de artistas e poéticas locais com residentes do seu Programa de Residência Artística Vila Sul – como é o caso, desta vez, de Natasha A. Kelly e Ace of Diamonds. Antes desta, foram realizadas, na galeria do instituto, as mostras “Kaurís”, exibida entre março e maio, “Concerto para pássaros”, entre junho e julho, e “O espaço dividido”, entre agosto e outubro.
 
Sobre o Goethe-Institut Salvador-Bahia – Instituto cultural da República Federal da Alemanha, o Goethe-Institut, fundado em 1951, se dedica a fomentar o diálogo entre culturas e é a maior instituição de ensino de alemão no mundo. Atualmente, dispõe de uma rede de 159 unidades em 98 países de todos os continentes. A unidade do Goethe-Institut Salvador-Bahia foi criada em 1962 e, desde então, promove a aprendizagem da língua alemã, divulga uma imagem abrangente da Alemanha e realiza colaborações locais, nacionais e internacionais na área da cultura, com numerosos parceiros públicos e privados. É um espaço disposto ao exercício artístico-cultural, realizando ações próprias e oferecendo suporte a iniciativas de variadas espécies. Dispõe de teatro, foyer, galerias, biblioteca, ateliês, estúdios, salas de aulas, praças, pátio e café. Após mais de meio século de atividades contínuas na cidade, iniciou, em 2016, o Programa de Residência Artística Vila Sul, com a proposta de fortalecer interlocuções entre o Brasil e demais países do hemisfério Sul a partir do acolhimento de artistas e agentes culturais de diversas áreas, linguagens e origens. Mais de 70 residentes já experimentaram esta oportunidade.
 
Magia Negra
Mostra coletiva de artes visuais e música
Curadoria: Tiago Sant’Ana
Quando: 28 a 30 de novembro de 2019 (quinta a sábado), 19h
Onde: Coaty (Ladeira da Misericórdia)
Quanto: Gratuito
Serviço de bar: Velho Espanha (preços conforme cardápio)
Classificação indicativa: 18 anos
 
Programação:
 
= 28 de novembro
Lançamento do canal Gravidade
Distribuição da Revista Gravidade
Exibição de entrevista com Michelle Mattiuzzi
Performances: Coletivo UMBURANA (com Hiago Ruan e Iago Araújo) Frutífera Ilha (com videomapping)
Música: Ace of Diamonds e Malayka SN
Exibição de filmes: Ayrson Heráclito, Castiel Vitorino Brasileiro, Juliana dos Santos, Keyla Serruya, Natasha A. Kelly, Ng'endo Mukii, Safira Moreira, Thiago Amepreta e Yasmin Nogueira
Exibição da websérie “InstruMentes”
Instalação: "Cabeça d'Água" de Laís Machado

= 29 de novembro
Performances: Sanara Rocha
Música: Banda Didá, DICERQUEIRA e DJ MvNiggv
Exibição de filmes: Ayrson Heráclito, Castiel Vitorino Brasileiro, Juliana dos Santos, Keyla Serruya, Natasha A. Kelly, Ng'endo Mukii, Safira Moreira, Thiago Amepreta e Yasmin Nogueira
Exibição da websérie “InstruMentes”
Instalação: "Cabeça d'Água" de Laís Machado

= 30 de novembro
Performances: Ayrson Heráclito e Tina Melo
Música: DJ Pivoman
Exibição de filmes: Ayrson Heráclito, Castiel Vitorino Brasileiro, Juliana dos Santos, Keyla Serruya, Natasha A. Kelly, Ng'endo Mukii, Safira Moreira, Thiago Amepreta e Yasmin Nogueira
Exibição da websérie “InstruMentes”
Instalação: "Cabeça d'Água" de Laís Machado

Voltar