Acesso rápido:
Ir diretamente para o conteúdo (Alt 1)Ir diretamente para a navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente para a navegação principal (Alt 2)
patins+Eishockey© lupadesign

patins+Eishockey

O senhor Müller e o senhor Silva têm uma coisa em comum: gostam muito de futebol. No entanto, também apreciam bastante outros desportos colectivos. O senhor Müller, sempre que pode, vai assistir ao vivo a um jogo de hóquei no gelo ("Eishockey", em alemão) de uma das inúmeras equipas que existem na Alemanha. O hóquei no gelo é um dos desportos mais intensos que existem. Com uns patins que em vez de rodas possuem lâminas, os jogadores atingem velocidades incríveis, proporcionando momentos de grande espectacularidade. A intensidade é tanta que os atletas têm de ser substituídos temporariamente ao fim de poucos minutos. E não raramente envolvem-se em confrontos físicos motivados pelos elevados níveis de adrenalina. A Alemanha nunca foi campeã do mundo de hóquei no gelo, mas ainda assim já alcançou duas medalhas de prata e outras tantas de bronze. Rússia (antiga URSS), Canadá, República Checa (antiga Checoslováquia) e Suécia têm, desde sempre, dominado a modalidade.

Apesar das tentativas que já foram feitas, o hóquei no gelo não é praticado a nível oficial em Portugal. Por isso, ao senhor Silva não resta alternativa que não seja assistir aos jogos da sua equipa local de uma outra vertente da modalidade: o hóquei em patins. A diferença maior para o hóquei no gelo, além do facto de cada equipa ter menos um jogador em campo (cinco em vez de seis), reside nos tipos de piso e, consequentemente, de patins utilizados. E também, claro, no tipo de objecto a ser disputado. Enquanto o hóquei disputado em pisos de madeira ou material sintético é jogado com uma bola, o que se joga no gelo tem como objecto de cobiça um disco feito de borracha dura. O hóquei em patins é um desporto muito popular em Portugal, e faz sentido que assim seja. É que em poucas outras modalidades o nosso país consegue atingir um sucesso internacional tão elevado. Com 15 títulos mundiais e 20 europeus, pode mesmo dizer-se que Portugal é a maior potência planetária do hóquei em patins. É caso para dizer: a stickar é que a gente se entende.

Eishockey.info
Federação de Patinagem de Portugal
1001jogos.pt: Hoquei no gelo