Olhares em Diálogo

Banner Olhares em Diálogo Imagem (detalhe): © Journal-Film Klaus Volkenborn KG / Andres Veiel

Doc & Goethe

A partir do dia 2 de Novembro, o auditório do Goethe-Institut em Lisboa tornar-se-á – a cada quinta-feira durante seis semanas – num local de eleição para amantes do cinema documental que ali poderão ver, no âmbito da programação contínua Olhares em Diálogo (Doc & Goethe), clássicos e obras desconhecidas e desafiantes do documentário alemão.

A série Olhares em Diálogo surge do encontro entre o Goethe-Institut Portugal e o Doclisboa. Partindo da vasta coleção da filmoteca do Goethe-Institut, pretendemos exibir cinema alemão (documentários e não só) por nós debatido e elegido, e às vezes controverso, e convidar a debatê-lo no âmbito das sessões. O ciclo será, portanto, um espaço de um diálogo cinematográfico aberto acerca de formas estéticas, de abordagens documentais e de fios condutores temáticos. Pretende refletir o nosso presente partilhado através de olhares heterogéneos sobre o espaço de língua alemã, e sobre a Europa e o mundo, memórias individuais ou coletivas de um passado mais ou menos recente.

Propomos nestas primeiras seis sessões olhares diversificados sobre a sociedade alemã das últimas décadas e sobre o legado histórico, muitas vezes traumático, nela presente. Olhares que não se baseiam tanto numa narrativa histórica homogénea, mas sim se constroem a partir da experiência e memória individuais, questionando por vezes o próprio processo da constituição de uma memória colectiva. Os locais dessas memórias situam-se entre a Floresta Negra, São Francisco e o Vietname, em comboios e casas da RDA tardia, no Berlim oriental dos anos noventa e na fronteira polaco-alemã. Os seus contextos vão desde a história do terrorismo da RFA, aos conflitos da geração alemã do pós-guerra até à guerra do Vietname.