Literatura Palavra com três sílabas para...

Odile Kennel e Raquel Nobre Guerra Foto: © Dirk Skiba - FBPA

21.09.2018, 18h30

Goethe-Institut Lisboa

Campo dos Mártires da Pátria, 37
1169-016 Lisboa

Leitura e conversa com Raquel Nobre Guerra e Odile Kennel

No dia 21 de setembro, às 18h30, o jardim do Goethe-Institut em Lisboa será o palco de uma sessão de poesia com a participação das poetisas Raquel Nobre Guerra e Odile Kennel. O evento será moderado por Clara Riso, diretora da Casa Fernando Pessoa.

A lisboeta Raquel Nobre Guerra e a berlinense Odile Kennel conheceram-se na Feira do Livro de Leipzig. Deste primeiro encontro surgiu o interesse pelas suas obras e o desejo de criar um diálogo poético, a que se seguiu uma mútua tradução. Neste final de tarde, serão apresentados os resultados desta aventura linguística e abordadas questões como: Arrisca-se mais na tradução? O que diz o olhar externo sobre o próprio texto? O que é o original e onde começa a tradução? 

Raquel Nobre Guerra (n. Lisboa) é licenciada e mestre em Filosofia, ex-bolseira da FCT, doutoranda em Literatura Portuguesa pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Publicou Groto Sato (Mariposa Azual, 2012), Saudação a Álvaro de Campos (plaquete com desenho original de Luís Manuel Gaspar, coleção Palavras Por Dentro, de Manuel Cintra, 2013), Quarto 28: SMS de amor e ódio (Amor-Livro, Residências no Largo, 2013) e Senhor Roubado (Douda Correria, 2016; Selo Demônio, São Paulo, 2017).

Odile Kennel é uma poetisa, autora e tradutora franco-alemã. Publicou os romances Was Ida sagt (2011) e Mit Blick auf See (2017) e a antologia de poesia oder wie heißt diese interplanetare Luft (2013). Foi nomeada ao prémio Alfred Döblin com a obra Mit Blick auf See. Entre outros, traduziu para alemão os autores Angélica Freitas, Ricardo Domeneck e Érica Zíngano. A tradução de Senhor Roubado, de Raquel Nobre Guerra, será publicada em 2019 pela editora hochroth Verlag Berlin.

Voltar