Palestras e debate Perante o colapso? Caminhos para o futuro da mobilidade urbana

Retomar a cidade - Banner Imagem: © Suzana Carneiro

11.04.2019, 18h30

Goethe-Institut Lisboa

Campo dos Mártires da Pátria, 37
1169-016 Lisboa

No âmbito da iniciativa Retomar a cidade

O Goethe-Institut Portugal e a Fundação Friedrich Ebert em Portugal darão continuidade ao ciclo de eventos Retomar a Cidade no dia 11 de abril de 2019 com palestras e debates sobre mobilidade urbana. O foco incidirá sobre a questão de como a mobilidade urbana do futuro pode ser moldada de forma social, ecológica e humana.

Muitas cidades por todo o mundo estão a atingir um ponto de colapso do tráfego. O impacto não é apenas ambiental, mas também afeta a qualidade de vida das pessoas. Em 2018, por exemplo, um automobilista médio em Berlim ficou preso em engarrafamentos durante 154 horas. Procuram-se estratégias para uma nova mobilidade nas cidades, muitos alertam para a necessidade de repensar a mobilidade. Os novos conceitos para formas ativas de mobilidade, como andar de bicicleta ou a pé, desempenham um papel cada vez mais importante nas cidades, tal como os novos conceitos integrados através de aplicações que facilitam o  deslocamento, abrangendo todos os meios de transporte.

Na primeira parte do evento, especialistas da Alemanha e de Portugal apresentarão as suas visões para o futuro da nova mobilidade urbana. Na segunda parte, serão debatidas medidas e modelos concretos como mobilidade partilhada, mobilidade suave e inteligente e sistemas integrados. As pessoas na cidade e seus hábitos diários de deslocação estarão também no cerne do debate, uma vez que a mobilidade sustentável também exige uma mudança de perspetiva para todos nós. As ideias e os modelos aqui apresentados entram em diálogo com iniciativas locais que já estão a mobilizar os cidadãos de Lisboa dentro e fora das instituições.

Entre os especialistas convidados, encontram-se o Vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa Miguel Gaspar, Theo Jansen do "Zukunftsnetz Mobilität NRW" (rede para o futuro da mobilidade da Renânia do Norte-Vestefália), a urbanista Sara Klemm, investigadora de conceitos de mobilidade sustentável na Universidade de Duisburg-Essen, Paula Teles, fundadora de uma consultoria especializada em mobilidade inclusiva, o ativista e consultor de trânsito Mário Alves, a ativista e bloguista Ana Pereira, co-fundadora do centro bicicletário Bicicultura, e a filósofa Johanna Worbs, que experimenta novas perspetivas de mobilidade na Fundação para a Identidade de Hanôver.

Mais informações sobre a iniciativa Retomar a Cidade

 
Retomar a Cidade é uma iniciativa conjunta do Goethe-Institut Portugal e da Fundação Friedrich Ebert em Portugal que conta com o apoio da Associação São Bartolomeu dos Alemães em Lisboa. Dedica-se, com workshops e debates, a algumas das questões mais emergentes no que diz respeito ao desenvolvimento urbano das cidades do Porto e de Lisboa. Discutem-se temas como gentrificação, mobilidade, sustentabilidade, diversidade e justiça social. A série pretende analisar estratégias de solução e fomentar o intercâmbio entre atores locais e internacionais do desenvolvimento urbano.


Programa

18h30 | Abertura
Susanne Sporrer (Goethe-Institut Portugal)
Reinhard Naumann (Fundação Friedrich Ebert em Portugal)

18h45 | Políticas e visões para a mobilidade do futuro
Miguel Gaspar (Vereador da Mobilidade, Lisboa)
Theo Jansen (Zukunftsnetz Mobilität NRW, Colónia)
Sara Klemm (Universidade Duisburg-Essen, Duisburg)
Paula Teles (Mobilidade PT, Porto)

19h45 | Debate 

20h15 | Snack break

20h45 | Iniciativas de mobilidade para uma cidade mais justa e humana
Johanna Worbs (Identitätsstiftung, Hannover)
Maria João Frias e Rita Jacinto (Equipa Plano de Acessibilidade Pedonal, Lisboa)    
Ana Pereira (BiciCultura, Lisboa)
Mário Alves (Estrada Viva, Lisboa)

21h30 | Debate

21h45 | Encerramento

Moderação: Tilo Wagner (Jornalista, Lisboa)
 

Voltar