Conteúdo sobre Berlim na internet Memes atrevidos e vídeos engraçados

É já quase impensável imaginar o nosso quotidiano sem os chamados memes e os pequenos vídeos cómicos, que por vezes até se tornam virais. Eles predominam principalmente desde a proliferação dos smartphones e chegam também, cada vez mais, às gerações mais velhas. É natural que o colorido dia a dia de Berlim também já tenha sido descoberto enquanto tema para o YouTube e o Instagram. Gostaria de vos apresentar aqui alguns exemplos de conteúdo acerca de Berlim.

De Lucas Galindo

Berlim Collage/pexels.com
A primeira vez que me deparei com este conteúdo foi em 2012. Encontrei no YouTube um vídeo engraçado sobre Berlim, que se propagou especialmente entre os estudantes universitários: nesse vídeo, com o título Shit Expat Berliners Say, um americano faz uma sátira acerca dos estrangeiros jovens e modernos que vivem em Berlim. Quem mora aqui conhece estes clichês: toda a gente quer ser DJ e quase todos os estudantes bebem Club-Mate, um refrigerante à base de chá com muita cafeína (ou outras marcas).
 
O comediante Daniel-Ryan Spaulding tornou-se numa celebridade local no YouTube e no Instagram desde 2017, com a sua série de sketches com o nome It’s Berlin! Enquanto, antigamente, o seu público-alvo era maioritariamente LGBT (It's Berlin: Cute Guys!), desde a sua aparição na televisão alemã (no programa ZDF Magazin Royale), em novembro de 2020, chega a um público mais vasto. Agora satiriza por exemplo o frustrante caos burocrático existente no serviço de estrangeiros (Ausländerbehörde): Ausländerbehörde: Explained!
 
 
Olhemos para os memes acerca de Berlim. Para quem não está a par desta terminologia: memes são combinações simples de imagens e textos (que muitas vezes se tornam virais) contendo afirmações engraçadas e controversas, em muitos casos também piadas internas. Há inúmeros perfis no Instagram que publicam memes acerca de temas específicos. No caso de Berlim, existe por exemplo o berlinauslandermemes, com 134.000 seguidores. Este exemplo demonstra uma sátira de um tipo de homem alemão que por cá parece encontrar-se em cada esquina. Óculos enfadonhos e de aspeto correto e, claro, o gorro preto da moda (em Berlim usa-se preto, obviamente!), trabalha numa startup (típico...) e pratica bouldering, o desporto da moda. Parece que alguém teve uma má experiência num encontro com este tipo de homem.
 

berlinclubmemes, com 204.000 seguidores, vai ainda mais longe e dedica-se quase exclusivamente ao estilo de vida da cultura de clubes berlinense. Esta caricatura analisa o público estereotipado do bar panorâmico do clube de tecno Berghain. À direita da mesa de mistura do DJ dançam os/as turistas sedentos/as de festa vindos/as de Espanha e Itália, o estudante de arquitetura japonês (provavelmente na universidade de Artes), por seu lado, está de pé, sozinho num canto, a perguntar-se o que está aqui a fazer. E os/as turistas alemãos/ãs preferem sentar-se junto ao bar e beber uma cerveja. A mistura tipicamente berlinense é refletida de forma humorística e sociológica.
 
 
Acham que o Instagram é só para jovens? Não! Günther Krabbenhöft, o ícone de estilo de 76 anos, seguido por 123.000 pessoas, demonstra o contrário. Desde 2015 que este elegante senhor, com o seu visual dandy, se transformou num fenómeno da internet, comprovando que, mesmo na terceira idade, ainda é possível fazer carreira enquanto influencer.
 
 
Como veem, na vastidão da internet também é possível encontrar vídeos divertidos e memes acerca de Berlim. Permitem às pessoas de fora ter perspetivas interessantes, engraçadas e, por vezes, enigmáticas do nosso quotidiano. E ajudam certamente a combater o aborrecimento relacionado com a pandemia. Divirtam-se a ver!