Colónia Urban gardening – Jardinagem na cidade grande

Seja no separador central em frente à porta da minha casa, na própria varanda ou na beira da estrada – o urban gardening é muito variado. Quem vive numa cidade grande e quer pôr à prova o seu talento para a jardinagem, encontra certamente um projeto de urban gardening adequado nas proximidades. Apresento-vos aqui alguns exemplos na cidade de Colónia.

De Katrin Ackermann

Urban Gardening Urban Gardening | Fotos: Katrin Ackermann
Quem possui uma varanda ou um jardim próprios numa cidade grande como Colónia, pode considerar-se realmente uma pessoa sortuda. A maioria dos citadinos e das citadinas, contudo, têm de pensar noutra solução se tiverem o desejo de fazer jardinagem. Vejo com cada vez maior frequência separadores centrais plantados, prados floridos ou canteiros elevados, quando passeio pela cidade. No chamado «urban gardening», o espaço urbano é utilizado para o cultivo de alimentos. Os locais para isso podem ser completamente personalizados.

Jardinagem na beira da estrada

Ter o próprio jardim mesmo em frente à porta de casa também é possível sem varanda. A cidade de Colónia, por exemplo, oferece apadrinhamentos de canteiros de árvores ou de espaços verdes. Desse modo tens a possibilidade de, por exemplo, assumir o apadrinhamento de uma rotunda e podes plantá-la de forma completamente personalizada – sozinho ou juntamente com outras pessoas. Ou podes cuidar de um canteiro de árvore na tua vizinhança, regando a árvore, arrancando as ervas daninhas e verificando regularmente se está tudo em ordem.

Há outra forma de jardinagem que é também cada vez mais popular: o chamado «guerilla gardening». Este termo refere-se ao ato de semear secretamente sementes de flores ou de plantas de folhagem verde na beira da estrada ou em espaços verdes públicos. Mas atenção: as ações de plantação secretas são ilegais! Para plantar em espaços públicos necessitas de uma autorização.

Hortas comunitárias

Menos arriscadas, mas pelo menos tão empolgantes são as hortas comunitárias. Em Colónia existem projetos deste tipo em muitos bairros. Vejo com frequência caixas de madeira, contentores ou canteiros plantados em parques de estacionamento, áreas industriais ou outros pontos de encontro. Elas oferecem, entre outras coisas, uma boa oportunidade para conhecer melhor o seu bairro, conversar com outras pessoas e partilhar as tarefas, mas também a colheita – uma boa possibilidade, portanto, se a jardinagem for algo novo para ti ou não te quiseres comprometer em termos de tempo. Em 2016 foi fundada em Colónia a Netzwerk der Kölner Gemeinschaftsgärten [Rede das Hortas Comunitárias de Colónia]. Ali encontram-se muitas informações sobre o tema do urban gardening em Colónia, mas também sobre eventos, como, por exemplo, o festival das sementes ou os dias de ação das hortas comunitárias.

Agricultura solidária

Se desejares investir um pouco mais de tempo na jardinagem, podes procurar um terreno maior para plantar. Cada vez mais quintas de plantação de legumes disponibilizam uma parte dos seus campos como lote que podemos arrendar sazonalmente e onde podemos plantar legumes e ervas aromáticas. Na maior parte dos casos esses lotes são cuidados por agricultores e agricultoras, que podem dar dicas úteis sobre o tratamento e a colheita da horta. Na agricultura solidária podes não só colher o que mais tarde vai estar no teu prato, mas apoias também de forma direcionada os agricultores e agricultoras e envolves-te no ciclo completo.

No seu site oficial, o município de Colónia disponibiliza muitas informações sobre o tema do urban gardening e lista as diferentes possibilidades e projetos. Talvez te surjam também ideias para novos projetos, nesse caso informa-te junto do município onde vives ou procura por lá.

Os jardins urbanos não têm apenas um efeito positivo no clima e embelezam a cidade, podem também trazer felicidade – fazer parte do processo de semear, cuidar, crescer e, mais tarde, da colheita, é como um bálsamo para a alma.