Stefanie Schulte Strathaus

Curadora de cinema e vídeo

  • Cultura da lembrança, Decolonização, Elaboração do passado colonial

  • Berlim (Alemanha) (Alemanha)

A alemã Stefanie Schulte Strathaus é curadora de cinema e vídeo e vive e trabalha em Berlim. Ela é codiretora do Arsenal Berlim – Instituto de Filme e Videoarte (juntamente com Milena Gregor e Birgit Kohler) e diretora fundadora do Forum Expanded, a seção do Festival Internacional de Cinema de Berlim que explora os limites do cinema.




Seu trabalho de curadoria abrange muitas programações de filmes, retrospectivas e exposições. Desde 2010, concentra-se no arquivo de filmes do Arsenal e em novos conceitos de curadoria de arquivos cinematográficos em geral. Nesse contexto, trabalha em estreita cooperação com arquivos do Egito, Guiné Bissau, Nigéria e Sudão. Atualmente atua na curadoria do projeto Archive außer sich (Arquivos fora de si) em cooperação com o Festival Internacional de Filmes de Curta-Metragem de Oberhausen, a sociedade Film Feld Forschung GmbH, o Instituto Harun Farocki, o laboratório SAVVY Contemporary, a sociedade pong film GmbH e o programa de mestrado “Filmkultur: Archivierung, Programmierung, Präsentation” (Cultura Cinematográfica: Arquivamento, Programação, Apresentação), da Universidade Goethe de Frankfurt, no âmbito do projeto Das neue Alphabet (O novo alfabeto), um projeto da Casa das Culturas do Mundo (Berlim). Além disso, deu iniciativa ao projeto Lebendiges Archiv: Living Archive – Archivarbeit als zeitgenössische künstlerische und kuratorische Praxis der Gegenwart (Arquivo vivo – trabalho de arquivamento como prática contemporânea de arte e curadoria) no centro cultural silent green, em Berlim (com Bettina Ellerkamp e Jörg Heitmann).

Contribuições de Stefanie Schulte Strathaus