In einem Zimmer steht ein rotes Kinderfahrrad, Kinder-Gummistiefel und Schuhe eines Erwachsenen. © Goethe-Institut

Gravidez

A vida com crianças começa durante a gravidez. Se você tiver  dúvidas sobre a gravidez, pode ir a um serviço de aconselhamento pré-natal.
 
Você deve ir a um obstetra regularmente durante a gravidez. Ele ou ela irá responder suas dúvidas e monitorar a saúde de seu bebê. Uma parteira tem responsabilidades similares. Ela irá te aconselhar e te apoiar durante a gravidez e, também, depois do nascimento do bebê. A parteira (Hebamme) também está presente no nascimento. Seu médico pode ajudá-la a achar um obstetra ou uma parteira. Muitas mulheres também frequentam cursos de pré-natal. Eles darão muitas dicas para você se preparar para o nascimento do bebê. E você conhecerá outras grávidas.

Auf einem Tisch liegt ein Ultraschallbild eines Ungeborenen. © Goethe-Institut

Licença materniadade, licença parental e subsídio parental

Se você tiver um emprego fixo, você pode aproveitar a licença maternidade (Mutterschutz) mesmo antes do parto, ou seja, parar de trabalhar. Na maioria das profissões, isso significa a partir de 6 semanas antes do nascimento. A licença maternidade tem duração de, no mínimo, 14 semanas.  Esse período pode ser estendido. Você também não pode ser demitida durante esse período. Depois da licença maternidade, você pode tirar uma licença parental (Elternzeit) e ficar em casa até que o seu filho/sua filha complete 3 anos de idade. Depois de 3 anos, você pode retornar ao seu trabalho.
 
Nos primeiros 12 meses da licença parental você recebe um subsídio do governo. Se o seu companheiro ou companheira também tirar a licença parental, o período se estende até 14 meses. O subsídio parental (Elterngeld) que você recebe depende de sua renda líquida. Você precisa solicitar esse subsídio. Você tem direito a esse subsídio, mesmo que não esteja trabalhando.  Além do subsídio parental, você também pode solicitar um benefício para a criança. Você irá rebecer o benefício para criança pelo menos até ela completar 18 anos. Quem ganha pouco, em alguns casos, recebe um acréscimo ao seu benefício.

Cuidados de saúde preventivos

Seu filho/sua filha deve ir ao pediatra regularmente. O médico registra todo e qualquer exame num livro de registro especial. Esses são os cuidados preventivos de saúde. Mesmo que seu filho/sua filha não esteja doente, deve ir à consulta de rotina. O pediatra também dará as vacinas necessárias.

Assistência à infância

Se você quiser voltar mais cedo ao trabalho, precisará de um suporte. Há várias possibilidades. Crianças com menos de 3 anos podem ir para creche (Kinderkrippe) ou ficar com uma babá (Tagesmutter/Tagesvater). Crianças com mais de três anos podem ir para o jardim de infância (Kindergarten) ou para a creche (veja “Educação  infantil”). Crianças com mais de 6 ou 7 anos devem ir para a escola. A frequência escolar é obrigatória (veja “Sistema escolar”). Se você trabalha, seu filho/sua filha pode ir para uma escola de período integral ou frequentar um centro de acolhimento pós escolar (Hort) depois da escola. Ele/ela pode ficar lá até às 16h ou 17h. Normalmente, podem almoçar lá também.

Ein Kind sitzt mit Badeanzug und Schwimmflügeln zusammen mit dem Vater an einem See. © Goethe-Institut

Atividades de lazer

Há muito o que fazer com o seu filho/sua filha no tempo livre: para as crianças menores há parques ao ar livre. Crianças maiores podem frequentar um clube de esportes, por exemplo. No verão, há piscinas (Freibäder) em todos os lugares e, no inverno, há opção de pisicinas cobertas (Hallenbäder). Durante as férias escolares, as cidades têm ofertas especiais para as crianças, que não custam muito. Você encontra mais informações no "Jugendamt" local, que é um serviço de assistência social à infância e à juventude
 e na prefeitura da cidade. Muitos clubes também oferecem atividades de lazer para crianças (veja também “Lazer”).
 
Na Alemanha, normalmente, as crianças celebram seu aniversário com uma festa em casa e convidam seus amigos. Às vezes, chamam um amigo para dormir na sua casa.

Ein Kinderspringseil liegt auf dem Boden. © Goethe-Institut

Brigas, crises e violência doméstica

Opiniões diferentes, ciúmes ou situações inesperadas podem levar a brigas e crises na família. Centros de aconselhamento conjugal podem ajudar a encontrar uma solução em conjunto. Além disso, existe a possibilidade de se informar sobre como diminuir a pressão na família.
 
Quem sofreu humilhação, coerção ou ameaças na família, ou foi vítima de violência corporal ou sexual precisa de ajuda. Você encontra informações e números de telefone para casos de emergência no site da "Bundesamt für Familie", que é a secretaria nacional da família. Há, também, oferta de ajuda direcionada especialmente às mulheres.

Perguntas frequentes

Você ainda tem dúvidas? Entre em contato conosco através do formulário abaixo. Encaminharemos sua mensagem anonimamente ao "Jugendmigrationsdienste" - serviço de ajuda ao jovem imigrante (até 27 anos).

Entre em contato