Mehrsprachigkeit Foto: © colourbox.de

Todos os anos muitas pessoas de outros países mudam-se para a Alemanha. Mais de 20% da população da Alemanha tem uma origem cultural diferente. Muitas dessas pessoas são poliglotas, falam não somente sua língua natal, mas também uma ou mais línguas estrangeiras. Muitas pessoas que se mudam para a Alemanha, aprender alemão como língua estrangeira ou segunda língua. Se você fala a língua do país ou região onde você vive (idioma local), você pode melhor se comunicar com as pessoas e também entender suas condutas.

Benefícios do multilinguíssimo

No nosso mundo atual, falar vários idiomas é algo importante. As fronteiras entre os países estão mais abertas do que no passado e cada vez mais pessoas se mudam para países estrangeiros. Quem fala uma língua diferente além da sua língua natal, tem muitas chances. Tanto na vida privada como na profissional, pessoas que falam várias línguas, podem servir de mediadores entre pessoas de diferentes culturas. Pessoas multilíngues têm capacidade intercultural, o que significa que eles podem usar perspectivas diferentes para analisar as atitudes dos outros. Os filhos de imigrantes que crescem na Alemanha aprendem a língua de seus pais (língua natal) de maneira natural desde o nascimento. Através da língua, eles aprendem muito sobre a cultura e as tradições da terra natal de seus pais. A língua alemã, eles geralmente aprendem tendo contato e brincando com outras crianças e adultos, como, por exemplo, no jardim de infância ou na escola. Essas crianças crescem multilíngues (bilíngues).

O significado da língua alemã

Para adultos, é importante aprender alemão, porque desta forma eles podem falar com as pessoas na Alemanha. Para que haja integração, sabe a língua local é uma grande ajuda. É Saber bem alemão é uma habilidade especialmente necessária para as crianças quando elas entram para uma escola alemã.

Input e output

Input e output são muito importantes no aprendizado de uma língua. O input é a língua que se ouve e lê. As pessoas precisam de contato regular com a língua, e de preferência em situações da vida real. O output também deve ter uma alta qualidade, por isso deve vir por meio de uma pessoa nativa que falem bem o idioma. Para as crianças, especialmente a leitura em voz alta de livros selecionados é uma forma muito boa de input. 


Além do input, o output também é muito importante. O output é a língua que a pessoa usa para falar ou escrever. É necessário que as pessoas tenham a oportunidade de praticar o idioma. Para falar bem uma língua, é preciso usá-la de muitas maneiras em situações da vida real. Falar e escrever são formas de treinamento muito boas e importantes.

Existem diversas possibilidades se você fala com seu filho ou seus filhos em casa, a sua língua natal e não alemão.

O significado do idioma familiar

Em muitas famílias a mãe e o pai falam a mesma língua, mas nas famílias de imigrantes esta língua quase nunca é o alemão. Para que uma criança possa aprender a língua da família é bom que em casa se fale o idioma original da família. Assim, a criança pode desenvolver uma estreita ligação emocional com a sua língua e cultura natal.

A língua natal (primeiro idioma ou idioma da família), de crianças e adultos, permite também a troca de informações culturais, tradições e valores. As famílias não devem parar de falar a sua língua natal, mas sim, usá-la em casa com as crianças e família. Para as crianças, é particularmente importante falar bem o seu primeiro idioma. A melhor maneira de se alcançar um bom nível em outros idiomas é ter uma boa base na sua língua natal. Nas grandes cidades existem muitas vezes jardins de infância bilíngues (dois idiomas) ou mesmo trilíngues (três idiomas).

Aspectos importantes da educação multilíngue

É importante para a educação multilíngue que os pais tenham uma ligação emocional à sua língua. É melhor, claro, se a mãe ou o pai usem a sua própria língua natal (primeiro idioma) para falar com a criança. Se há uma língua da família, esta deve sempre ser falada em casa. Se a criança não quiser falar uma língua, não se deve força-la a isso. Muitas vezes é apenas uma fase que depois passa. Os pais também devem prestar atenção para não misturar as línguas quando falam. Pais com uma atitude positiva quanto a sua própria língua servem sempre com uma motivação muito boa para que as crianças a aprendam a(s) língua(s) de seus pais. 

Bringing up children to be multilingual: what’s important?

When bringing up a child to be multilingual, it is important for parents to have an emotional bond with their language. The best option, of course, is for the mother or father to speak to the child in their mother tongue (first language). If there is a family language, this should always be spoken at home. If the child doesn’t want to speak a particular language, they should not be forced to do so. Often, this is just a phase that will pass. Parents should be careful not to mix up the languages too much when they are speaking. Seeing that their mother and father have a positive attitude towards their own language encourages the children to learn their parents’ language(s) too.

O ensino da língua natal ou das línguas natais das crianças é muito importante, mas igualmente importante é ensinar o idioma local.

Existem muitos centros de aconselhamento que oferecem ajuda e suporte sobre o tema educação multilíngue. Muitas cidades e comunidades possuem um centro ou lugar para realizar este trabalho intercultural. Nele trabalham pessoas que oferecem informações sobre programas de idiomas e culturais e dão dicas úteis. Algumas instituições privadas também têm centros de aconselhamento. Além disso, há agora também muitos centros que estão tratando de temas como a diversidade de idiomas e cultural. Ao procurar na internet por "centro intercultural" ou "centro multilíngue", você encontrará muitos links e dicas.

Ensino da língua alemã para crianças

Cada estado tem seus próprios programas, métodos e conceitos para ensinar a língua alemã às crianças dos jardins de infância e escolas primárias. Quando uma criança ainda não fala bem a língua alemã é oferecido ajuda a ela, através de programas de ensino do idioma, como um curso preparatório ou classe de apoio da língua alemã. Se as crianças precisam de mais ajuda para aprender o alemão, existem muitos centros de aconselhamento, que oferecem dicas e informações.

Ensino da língua natal

A língua natal das crianças pode ser ensinada em casa e em instituições de ensino. Para reforçar o idioma familiar, pais e mães podem regularmente ler para seus filhos, cantar canções com as crianças e jogar jogos. Você também pode dar telefonemas ou falar pelo Skype com familiares. Se você conhece famílias que falam a mesma língua e são da mesma cultura, as crianças podem brincar e falar na sua língua natal. 

Muitos consulados e associações oferecem programas de ensino da língua natal a crianças em idade escolar. Nesta lição, as crianças aprendem a ler e escrever na sua língua natal. Você pode obter informações sobre a vida e as tradições dos países de origem. Nestas aulas, as crianças aprendem a ler e escrever na sua língua natal. São fornecidas informações sobre a vida e as tradições do país de origem. Em alguns estados, ensina-se a língua natal também nas escolas. Estas aulas são chamadas de ensino complementar da língua materna (muttersprachlicher Ergänzungsunterricht, MUE).

Na internet você encontrará inúmeras associações e organizações de determinados grupos linguísticos ou culturais, como grupos de brincadeiras para crianças, associações esportivas ou grupos de encontros. Assim, crianças e pais podem falar a língua da família ou natal regularmente e em situações da vida real.