Saccharum BA


Gaio Matos
Salvador | BA, 1968

Gaio, um dos artistas mais reconhecidos da nova geração baiana, tem participado de importantes mostras nacionais e internacionais, a exemplo da III Bienal do Mercosul (2004). Em 2008 realizou residências artísticas em Bombaim, decorrente da premiação no XIV Salão do MAM-BA, e em Paris, proporcionada pela Fundação Sacatar. A pintura “Negreiros”, produzida especialmente para “Saccharum Ba”, retoma a memória dos navios negreiros mediante a fusão de imagens de um barco colonial e de um cargueiro atual, abordando questões como deslocamentos e transitoriedade, território e re-territorialização, que permeiam, de modo geral, a obra do ar tista, focalizando diretamente a questão da diáspora africana e, conseqüentemente, o ciclo do açúcar.