O Açúcar de Chico

O Açúcar de Chico

O Açúcar de Chico

O concerto O Açúcar de Chico reuniu as três cantoras baianas Manuela Rodrigues, Márcio Castro e Mariella Santiago.


As músicas de Chico Buarque constituem uma obra singular e uma fonte cultural da maior relevância para se entender a sociedade brasileira, suas nuanças, costumes e detalhes, e de forma mais ou menos direta os processos históricos e sociais do Brasil. No decorrer de sua carreira, Chico Buarque tem se ocupado diversas vezes de retratar os aspectos ambíguos do açúcar, de maneira que conseguiu abranger o seu significado para o país.

Realizado em parceria com a Fundação Cultural do Estado da Bahia, o concerto O Açúcar de Chico reuniu as três cantoras baianas Manuela Rodrigues, Márcio Castro e Mariella Santiago, todas com sucessos marcantes e abordagens interessantes do que pode ser a música brasileira. As três amigas montaram um show inteiramente inédito e levaram as canções açucareiras ao palco do Goethe-Institut — “O Açúcar do Chico”.

Download
Meu Caro Amigo: uma Homenagem a Chico e Francis Hime
por: Paulo Costa Lima


O que há de tão especial nessa canção?
De um lado o tom da delicadeza — existe algo mais carinhoso do que um ‘meu caro amigo’? E que vai adiante: me perdoe por favor, se não lhe faço uma visita... É uma linguagem bálsamo que a entonação quase jocosa de Chico realça e projeta (Confira no Youtube).
De outro, o tom do desabafo, um painel de durezas elencadas em carritilha logo após ‘a coisa aqui ta preta’, registrando muita mutreta pra levar a situação, e nessa mesma linha: careta, pirueta, sarro, sapo, cachaça... O desenlace é inevitável: ‘ninguém segura esse rojão’.
Quem viveu a década de 70 no Brasil sabe como foi intolerável o massacre de mídia do bordão ‘ninguém segura esse país’ — a ditadura insistia em ser coisa nossa....

Download SymbolBaixe o texto completo (PDF, 107 KB)