Padrão de qualidade

Qualidade é uma palavra que levamos muito a sério

Os padrões exigidos em exames de língua estrangeira são elevados. O Goethe-Institut, com o seu nome, sua gestão de qualidade e seus longos anos de experiência, cuida para eles sejam cumpridos. 

Especialistas com experiência em ensino e em exames elaboram as questões da prova. A redação final acontece na Central em Munique. Antes da sua aplicação, os materiais de prova são testados sob condições de prova e seus resultados avaliados quantitativa e qualitativamente. Os examinadores recebem treinamento básico e avançado em seminários centralizados e descentralizados. 

Como reconhecer a boa qualidade:

Imparcialidade

Provas deveriam ser tão imparciais quanto possível, independemente de sexo, origem etnica ou eventuais restrições.

Validade

Numa prova de idioma, somente as habilidades linguísticas deveriam ser decisivas, e não a capacidade de concentração, a inteligência ou o conhecimento de mundo.

Confiabilidade

Com a designação de dois examinadores para a correção da prova, obtemos um alto grau de confiabilidade.

Praticabilidade

Nós trabalhamos permanentemente na otimização dos nossos exames: tanto na duração da prova, na utilização de técnicas modernas, como nas condições gerais. 

Critérios de qualidade uniformes:

Como membro fundador da Association of Language Testers in Europe (ALTE) nós lutamos pelo desenvolvimento e pela implementação do padrão de qualidade.
 
A ALTE estabeleceu os seguintes objetivos:
  • Padronização dos níveis para fomento do reconhecimento internacional dos certificados de idiomas na Europa.
  • Padronização dos critérios de qualidade para todas as fases do processo de criação e realização dos exames, isto é, da construção da prova, da aplicação do exame, da avaliação, certificação e do armazenamento de dados.
  • Cooperação em projetos comuns e troca de experiências e de conhecimento especializados. 
Em 2003 a ALTE foi admitida no Conselho Europeu como organização não governamental (ONG) e o assessora continuamente em questões como medição de desempenho e certificação. Em 2006, a ALTE alcançou o status de órgão consultivo junto às Nações Unidas. 

Top