Colóquio Internacional Os Desafios Contemporâneos da Memória

Colóquio Internacional sobre Conservação Preventiva do Patrimônio Documental e Bibliográfico Divulgação

2ª, 23.09.2019 -
4ª, 25.09.2019

Arquivo Nacional e Consulado Geral da França no Rio de Janeiro

Arquivo Nacional (Praça da República, 173 – Centro) e Consulado Geral da França (Av. Pres. Antônio Carlos, 58 / BiblioMaison – Centro)
Rio de Janeiro

Conservação Preventiva do Patrimônio Bibliográfico e Documental
Brasil - Alemanha - França

No mês em que o incêndio no Museu Nacional completa um ano, o Goethe-Institut, o Instituto Francês do Brasil e o Arquivo Nacional realizam o Colóquio Internacional “Os Desafios Contemporâneos da Memória: Conservação Preventiva do Patrimônio Bibliográfico e Documental”. O evento pretende proporcionar um intenso diálogo entre Bibliotecários, Arquivistas, Museólogos, Historiadores e Conservadores-Restauradores, tendo como objeto a conservação preventiva em bibliotecas e arquivos.
 
O encontro reúne especialistas para discutir questões como gerenciamento de risco, segurança, memória, humanidades digitais e digitalização sob a perspectiva do Brasil, da Alemanha e da França. O objetivo é gerar o debate sobre a necessidade de as instituições desenvolverem planos de salvaguarda e emergência para garantir a preservação e o uso sustentáveis do patrimônio cultural, evitando atentados intencionais ou por negligência.
 
Desde pelo menos 1993, as articulações que orbitam entre preservação e memória no contexto do patrimônio bibliográfico e documental têm sido pauta de inúmeras discussões na IFLA (International Federation of Library Associations), UNESCO e ICA (International Council on Archives). No âmbito dessa movimentação, profissionais e instituições vêm buscando levar a matéria para seus países.
 
As memórias expressas e contidas nos documentos nos ajudam a entender as trajetórias em que vivemos. Elas nos ancoram em um mundo mutável e em contínua transformação. O que uma pessoa se lembra da massa de informações que nos cercam, como selecionamos para colocar na memória fatos que julgamos pertinentes.
 
Nesse sentido, o IFLA Cultural Heritage Programme Advisory Committee traz a reflexão de que "a cultura é uma necessidade básica. Uma comunidade próspera, através de sua herança cultural, morre sem ela”. Alerta ainda para o risco de bibliotecas morrerem em tempos de guerra, de paz, de crise política e social, levando à dissociação e a perdas irreparáveis.
 
Considera-se que profissionais de cultura e patrimônio precisam estar em constante alerta, engajados e articulados entre si, com o fim único de salvaguardar documentos que são fundamentais na formação de nossa identidade.
 
O Colóquio teve financiamento do Fundo de Cultura Franco-Alemão e conta com o apoio da Rede de Bibliotecas e Centros de Informação em Arte do Estado do Rio de Janeiro (REDARTE/RJ) e do Conselho Regional de Biblioteconomia da 7ª Região (CRB-7).
 
Curadoria: Prof. Fabiano Cataldo de Azevedo (UNIRIO)
 
PROGRAMACAO 
23 DE SETEMBRO, no Auditório do Arquivo Nacional (Praça da República, 173 – Centro)
 
9h30 – 10h00 Credenciamento
 
10h30 – 11h00 Mesa de Abertura
Neide De Sordi, Diretora-Geral do Arquivo Nacional
Robin Mallick, Diretor do Goethe-Institut no Rio de Janeiro
Romann Datus, Adido de Cooperação e Ação Cultural e diretor do Instituto Francês do Brasil no Rio de Janeiro
 
11h00 – 12h00 Palestra de Abertura
Regina Maria do Rego Monteiro de Abreu, Docente do Programa de Pós-Graduação em Memória Social da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
 
12h00 – 14h00 Pausa para almoço
 
14h00 – 17h00 Mesa 1: Gerenciamento de Risco aplicado à Conservação Preventiva em Bibliotecas e Arquivos
O objetivo desta mesa será uma análise da construção do plano de gerenciamento de risco para arquivos e bibliotecas, incluindo os desafios, particularidades e complexidades de planejamento e execução.
Céline Allain, Coordenadora do projeto de salvaguarda da Biblioteca Nacional da França (BnF)
Tiago César da Silva, Conservador / Restaurador do Arquivo Nacional do Brasil
Ulrich Fischer, Diretor adjunto do Arquivo Histórico da cidade de Colônia, na Alemanha
Mediação: Adriana Cox Hollós, Professora Permanente do Programa de Mestrado Profissional em Preservação de Acervos do Museu de Astronomia
 
 
24 DE SETEMBRO, na BiblioMaison (Av. Pres. Antônio Carlos, 58 / 11º andar – Centro)

9h00 – 9h30 Credenciamento
 
9h30 – 11h30 Mesa 2: A Segurança do Patrimônio Bibliográfico e Documental
Essa mesa se dedicará à discussão acerca de alguns fatores diretamente associados ao risco à segurança dos acervos, bem como vetores associados. Este assunto é compreendido aqui desde o tráfico ilícito até, lato sensu, os desdobramentos negativos advindos da falta de conhecimentos sobre o valor histórico e de pesquisa de coleções em bibliotecas e arquivos.
Gabriel Moore Forell Bevilacqua, Gestor de acervos do Instituto Moreira Salles | Escudo Azul
Sarah Toulouse, Vice-diretora da Bibliothèque Les Champs Libres em Rennes, na França
Mediação: Maria Cláudia Santiago, Diretora da Seção de Obras Raras A. Overmeer da Biblioteca de Manguinhos / ICICT / Fiocruz

11h30 – 12h00 Brunch

12h00 – 14h00 Mesa 3: Humanidade Digital na Preservação do Patrimônio Bibliográfico e Documental
Bibliotecas e arquivos têm adotado ações e medidas que objetivam a preservação dos seus acervos por meio da criação de bibliotecas digitais, e, com isso, cresce o número de repositórios culturais. Este é o contexto desta última mesa que buscará discutir algumas iniciativas e projetos, tendo a digitalização como objeto.
José Lavaquial Breitinger, Sócio-fundador da DocPro Bibliotecas Virtuais
Stephan Bartholmei, Diretor do departamento de Desenvolvimento e Inovação de Produtos da Biblioteca Digital Alemã na Biblioteca Nacional Alemã e membro do Conselho de Membros da Europeana (participação por videoconferência)
Mediação: Ricardo Medeiros Pimenta, Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ)

14h00 – 15h30 Pausa para almoço

15h30 – 17h30 Fórum de Encerramento: Futuro-Presente: Perspectivas e Recomendações
Leandra Pereira de Oliveira, Chefe da Biblioteca Central do Museu Nacional / UFRJ
Céline Allain, Coordenadora do projeto de salvaguarda da Biblioteca Nacional da França (BnF)
Sarah Toulouse, Vice-diretora da Bibliothèque Les Champs Libres em Rennes, na França
Ulrich Fischer, Diretor adjunto do Arquivo Histórico da cidade de Colônia, na Alemanha
Mediação: Márcia Valéria de Souza, Restauradora e responsável pelo Laboratório Central de Conservação e Restauração (LCCR) do Museu Nacional / UFRJ


25 DE SETEMBRO, na Biblioteca do Goethe-Institut (Rua do Passeio, 62 / 2° andar - Centro)
(Com grupo fechado)

09h00 - 13h00 | Workshop com Ulrich Fischer, Diretor adjunto do Arquivo Histórico da cidade de Colônia, na Alemanha
Procedimentos para salvar o patrimônio documental em caso de desastre     14h00 - 18h00 | Workshop com Céline Allain, Coordenadora do projeto de salvaguarda da Biblioteca Nacional da França (BnF)
Como se organizar diante de um sinistro que afete coleções bibliográficas.

Voltar