Feira Literária Burburinho Literário

Burburinho Literário 2021_3 edição © Goethe-Institut / Bruna Kim

5ª, 18.11.2021 -
dom, 21.11.2021

Online Online e na Oficina Oswald de Andrade

A “Burburinho Literário”, feira de livros e tradução do Goethe-Institut São Paulo, chega a sua terceira edição e este ano em parceria com o Goethe-Institut Porto Alegre. O evento é uma grande celebração da tradução e dos tradutores, profissionais que mesmo presentes em nosso dia a dia (em livros que lemos de autores de outras nacionalidades, séries que vemos com legendas, ou na cabine em uma conferência internacional) nem sempre são lembrados. Em formato online, a programação apresentará ao público autores alemães, além de performances, palestras, conversas e workshops sobre tradução, entre outras atividades. A curadoria é de Marcelo Lotufo, crítico, tradutor e professor.

Transmissões ao vivo no Youtube Goethe-Institut São Paulo e Facebook Goethe-Institut São Paulo 


Programação completa

18/11 | quinta-feira

19h Performance de abertura: "Foi aqui. Aqui esteve ela": sobre pedras, Cassandra e Christa Wolf 
com Luiza Romão

19h30 - Passaporte: Literatura
com Tarso de Melo, Marcelo Lotufo, Daniel Martineschen e Raquel Meneguzzo



19/11 | sexta-feira

19h - Tradução e teatro
Rodrigo Alves do Nascimento, Christine Röhrig e Alice do Vale 

20h - Bookpink - O Livro dos Pássaros
Direção: Liliane Pereira
(a peça de teatro será transmitida somente no Youtube do Goethe-Institut São Paulo)



20/11 | sábado

13h - 15h | Oficina de tradução do alemão
com Murilo Jardelino  (inscrição prévia pelo email: bethe.ferreira@goethe.de)

16h - 17h BARCAMP | Os bastidores da tradução e da interpretação
com Andréia Manfrin e Cláudia Muller
Acesso via Zoom: 
https://goethe-institut.zoom.us/j/87676937742
Meeting-ID: 876 7693 7742

 
17h30 - Apresentação do programa de fomento à tradução com a participação de editores

18h - Tradução e quadrinho
Augusto Paim, Dandara Palankof e José Aguiar

19h - Tentilhão
Coletivo Nômade de Teatro e Pesquisa Cênica (a peça será transmitida somente no Youtube do Goethe-Institut São Paulo)



21/11 | domingo

18h - Por que publicar os clássicos?
Júlia Bussius, Mário Frungillo e Petê Risssati

19h - Performance de encerramento: carpir o ar dos dias
com André Capilé e Beat Batss High-Tech

 

PARTICIPANTES

Alice do Vale é tradutora, pesquisadora e professora. Desde 2014, trabalha como professora no Goethe-Institut de São Paulo, onde ministra aulas nos cursos de alemão e de tradução.

André Capilé é poeta, professor, performador, tradutor e editor da revista escamandro.

Andréia Manfrin Alves é tradutora e intérprete no par de línguas francês-português há 13 anos, e também é professora de tradução editorial e de português para tradutores. Desde 2019, co-organiza os Barcamps de tradutores e intérpretes de São Paulo junto com as colegas Cátia Santana e Claudia Muller.

Augusto Paim é jornalista e concluiu o doutorado com bolsa DAAD/CAPES na universidade Bauhaus em Weimar, Alemanha. Atua como tradutor e repórter, realizando reportagens e traduções tanto em prosa quanto em quadrinhos.

Beat Bass High-Tech [BBHT] foi formado em 2005, em Volta Redonda, Rio de Janeiro, por Raphael Garcêz e Pablo Duca. Hoje atuam como trio com a inclusão de Igor Patrocínio. O grupo lançou, em 2015, o disco "Luzes Sonoras" e durante a quarentena produziu uma trilogia de Beat Tapes Instrumentais

Christine Röhrig é escritora, editora e tradutora. Traduziu peças teatrais e textos clássicos e contemporâneos. É orientadora de estudos da Cia Paideia de Teatro onde também coordena o Projeto Perdigoto de Entrevistas. 

Claudia Muller é intérprete de conferência e tradutora, trabalhando com os idiomas inglês e português brasileiro há mais de 20 anos. Juntamente com Andréia Manfrin e Cátia Santana, vem participando das organização dos Barcamps de tradutores e intérpretes de São Paulo desde o início de 2019.

Dandara Palankof é jornalista e tradutora, principalmente de histórias em quadrinhos. É jurada há 5 anos do Prêmio Grampo e, pelo segundo ano, é também jurada do Prêmio HQMix.

Daniel Martineschen é formado pela UFPR em Ciência da Computação e Letras-Alemão, com doutorado em Estudos Literários. Desde 2009 atua como tradutor de língua alemã, nas áreas técnica, juramentada, acadêmica e literária.

José Aguiar é quadrinista e editor independente na Quadrinhofilia. Foi curador e cocriador dos premiados eventos culturais Cena HQ e Gibicon e coordenador do intercâmbio de quadrinistas Osmose-Brasil e Alemanha em Quadrinhos.

Julia Bussius trabalha como editora da Companhia das Letras desde 2010, com livros de ficção e não ficção nacional e estrangeira.

Luiza Romão é poeta, atriz e slammer, Autora dos livros “Coquetel motolove”, “Sangria” e “Também guardamos pedras aqui”.

Marcelo Lotufo é professor, tradutor e escritor. Traduziu as poetas Adrienne Rich e Rosmarie Waldrop, o poeta John Yau e a prosadora Carolina Tobar. Faz curadoria de eventos literários. Publicou, pelas Edições Jabuticaba, o livro de contos “Cada um a Seu Modo”.

Mário Luiz Frungillo é formado em Letras pela UNICAMP, fez mestrado na Universidade de Heldelberg com bolsa da Fundação Konrad Adenauer e doutorado na UNICAMP. Atualmente coordena para a Editora da Unesp uma série de obras de Goethe. 

Murilo Jardelino da Costa é mestre em Letras e Linguística pela UFPE e tradutor de autores de obras acadêmicas e literárias.

Petê Rissatti é bacharel em Tradução Inglês-Português e especialista em Tradução Alemão-Português pela USP. Já atuou como revisor, gerente de projetos de tradução, preparador de textos, tradutor técnico e editorial. É professor de prática de tradução literária e escrita na Estácio e em outras faculdades e cursos livres.

Raquel Ribas Meneguzzo é formada em Bacharelado em Letras - Tradução Português-Alemão pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente, é doutoranda em Estudos Literários pela mesma universidade.

Rodrigo Alves do Nascimento é professor, tradutor e crítico de teatro no site Cena Aberta. Tem Doutorado em Literatura e Cultura Russa pela USP e é autor de "Tchékhov e os palcos brasileiros" (Ed. Perspectiva, 2018). 

Tarso de Mello é poeta e ensaísta e doutor em Filosofia do Direito pela Universidade de São Paulo. Atua como curador de atividades literárias em São Paulo.

 

Voltar