Acesso rápido:

Ir diretamente para o conteúdo (Alt 1)Ir diretamente para a navegação secundária (Alt 3)Ir diretamente para a navegação principal (Alt 2)

Biografia Ingo Ahmels

Ingo Ahmels trabalha como músico (pianista, compositor, dramaturgo, curador, pesquisador e produtor musical, conferencista e professor), bem como artista visual, tradutor e documentarista. Ahmels publicou ou lançou CDs, livros, artigos especializados e resenhas, programas de rádio, filmes e catálogos de artistas.

Ingo AhmelsFoto (detalhe): © Lou Simard

Ingo Ahmels nasceu em Hamburgo em 1959. Vive e trabalha em Bremen como músico (pianista, compositor, dramaturgo, curador, investigador e produtor musical, conferencista e professor), bem como artista visual, tradutor e documentarista. Como editor e autor, tem publicado ou lançado CDs, livros, artigos especializados e críticas, transmissões de rádio, filmes e catálogos de artistas desde 1989.

Ahmels estudou música em Hamburgo, Bremen e Darmstadt com Bernhard Wambach, Stephan Möller, Jens-Peter Ostendorf, Walter Norris ou Manfred Schoof e Musicologia com Herbert Henck, Heinz Lemmermann e Klaus-Hinrich Stahmer. Em 1985, Ahmels iniciou a série de concertos alternativos: dacapo: em Bremen e organizou mais de quinhentos eventos com música contemporânea no sentido mais amplo em locais como o Übersee-Museum Bremen: música nova, jazz novo, música não europeia, assim como obras arrojadas de tradições não europeias. Ahmels documentou essa colaboração com quase dois mil artistas e estudiosos de todo o mundo, cujo resultado está depositado no arquivo audiovisual da :dacapo:.

Como pianista de jazz, Ahmels recebeu uma bolsa de estudos do GEMA-Stiftung; como compositor e artista sonoro, recebeu bolsas da Akademie Schloss Solitude em Estugarda e da Embaixada do Canadá. Digressões de concerto levaram-no por toda a Europa e Estados Unidos, apresentando-se, entre outros, com o trombonista Mike Svoboda, com quem colaborou durante décadas.

Entre 1995 até 2007, data da morte do compositor, Ahmels foi  assistente artístico de Hans Otte, a quem dedicou a sua tese de Doutoramento em Musicologia e História de Arte na Universidade de Bremen. A Schott Music publicou sua tese na forma de livro bilingue DE / EN - Hans Otte: Klang der Klänge / Sound of Sounds acompanhado por um DVD e um CD.

As principais obras de Ahmels incluem a ópera multimédia Pegasos (encomendada pelo festival Pro musica nova de 1990 da Rádio Bremen), o Pegasos-Monument (1994) e, com Lou Simard, a escultura sonora / instrumento de palco Bitch on Wheels (2002), bem como o trabalho cross-media para a peça de teatro musical Gone West (2002–6).

Ingo Ahmels tem-se apresentado regularmente em duo de poesia e música com Gotthart Kuppel em vários Goethe Instituts, como solista e, com Lou Simard, no :ensemble dacapo:. O Festival Hans Otte : Sound of Sounds, projectado para acontecer em Lisboa, Guimarães,  Évora, e Viseu entre Outubro 2021 e Maio de 2022, resulta de uma cooperação perene com a pianista, investigadora e curadora portuguesa Joana Gama.