Literatura Friedrich Schiller: lê-lo em tempo de crise

Friedrich Schiller Imagem (detalhe): Wikipedia / public domain

27.06.2019, 19h00

Goethe-Institut Lisboa

Campo dos Mártires da Pátria, 37
1169-016 Lisboa

Leituras Cruzadas - Conversa literária com Teresa Cadete

No dia 27 de junho de 2019, às 19h00, a professora catedrática e tradutora Teresa Cadete irá falar sobre um dos maiores nomes do romantismo alemão e do Classicismo de Weimar: Friedrich Schiller. A sessão será moderada por Filipa Melo. 
 
Lida no seu conjunto, a obra teórica de Schiller deixa entrever mais do que uma mensagem política subliminar: abre horizontes de reflexão que vão ao encontro de epistemologias que apontam para um futuro sustentável. Nesta sessão, Teresa Cadete propõe-nos uma reflexão sobre Schiller e sobre como lê-lo em tempo de crise é mais do que uma teoria estética.

A sessão irá abordar a 27.ª carta sobre a educação estética do ser humano de Friedrich Schiller:
Teresa R. Cadete nasceu em Lisboa, em 1947. Completou a sua formação académica na Freie Universität Berlin (1975), em Germanística, Ciências Políticas e Ciências da Comunicação. Fez o Doutoramento na Universidade de Lisboa (onde lecciona no Curso de Comunicação e Cultura da Faculdade de Letras) com uma tese sobre a perspetiva antropológica e a análise civilizacional na obra teórica de Friedrich Schiller (1989). É Professora catedrática jubilada da mesma Faculdade. Para além de numerosas publicações na área da teoria e história da cultura, bem como da tradução das obras teóricas de Friedrich Schiller, publicou seis romances e narrativas dispersas, sob o nome de Teresa Salema. Últimas publicações em livro: Entre o arco e o labirinto. Estudos de teoria e história da cultura (Lisboa: INCM 2011); Material Idea: on the Legibility of Culture (Lisboa: UCP Ed. 2014).

Filipa Melo é escritora, crítica literária e jornalista. É autora do romance Este É o Meu Corpo (2001), traduzido em sete línguas, do livro de reportagens Os Últimos Marinheiros (2015) e do Dicionário Sentimental do Adultério (2017). Trabalha há vinte anos na divulgação da literatura nacional e clássica na imprensa e na televisão, em comunidades de leitores, em eventos de divulgação e oficinas de escrita criativa. Coordena e ministra uma pós-graduação em Escrita de Ficção, na Universidade Lusófona, em Lisboa.
 
Com o ciclo Leituras Cruzadas – conversas literárias na biblioteca, passamos a palavra a convidados portugueses, que falam sobre as obras e os autores alemães que os marcaram. Dos autores clássicos aos contemporâneos, da prosa à poesia, as Leituras Cruzadas apresentam conversas interessantes sobre os temas mais atuais e os autores mais importantes da literatura alemã.

Voltar