Acesso rápido:

Ir diretamente para o conteúdo (Alt 1) Ir diretamente para a navegação principal (Alt 2)
Being KafkaIlustração: Roberto Maján © Goethe-Institut e. V

Ano de Kafka 2024
Being Kafka

Para assinalar o centenário da morte de Franz Kafka, em 2024, o Goethe-Institut homenageia o escritor de língua alemã nascido em Praga de várias formas: com o ciclo de debates "Franz Kafka: Bilhete de Identidade", com vários artigos que refletem sobre a vida e obra do autor, e com a exposição de banda desenhada "Komplett Kafka", do artista Nicolas Mahler.


Artigos


Próximos eventos


Frank Kafka: Bilhete de Identidade

Logo Being KafkaIllustration: Roberto Maján © Goethe-Institut e. V

Franz Kafka: Bilhete de Identidade


Cem anos após a sua morte, Franz Kafka permanece um dos monstros mais enigmáticos da literatura universal, dada a amplitude e a complexidade da sua biobibliografia. Em quatro conversas, a escritora, crítica literária e jornalista Filipa Melo evoca a relação do homem e do escritor com o corpo, o humor, a espiritualidade e a questão do mal. Revemos a atualidade do legado kafkiano, de quem, um dia, afirmou: "Mais vale mordermos a vida do que a nossa própria língua."

1 de fevereiro, 19h00 - Kafka: um corpo
Vegetariano, celibatário, vítima de tuberculose, Kafka imaginou um homem metamorfoseado em inseto e viveu tão obcecado com a espiritualidade quanto com o corpo. Para o debate sobre a relação entre fisicalidade, estética e criação artística na biografia e obra kafkianas, convidamos a escritora Dulce Maria Cardoso e o arquiteto, professor de Estudos de Cultura, dramaturgo e poeta João Borges da Cunha.

14 de março, 19h00 - Kafka: um clown triste
Nas alegorias de pesadelo de Kafka existe uma força cómica omnipresente, lembrando que o homem que não ria usou o humor como estratégia de encenação e denúncia. Para o debate sobre o sorriso metafísico na biografia e obra kafkianas, convidamos a atriz e encenadora Carla Bolito e o escritor, humorista, produtor, programador e administrador Nuno Artur Silva.

17 de outubro, 19h00 - Kafka: carta a um deus desconhecido
21 de novembro, 19h00 - Kafka: o homem e o adjetivo


Kafka na biblioteca

Recomendações de leitura KafkaIllustration: Roberto Maján © Goethe-Institut e. V

Traduções portuguesas

Para quem quiser estar bem preparado para o ano comemorativo de 2024 e o projeto Being Kafka, deixamos aqui uma lista de traduções portuguesas de Kafka que podem encontrar na nossa biblioteca:


Exposição "Komplett Kafka"

Exposição Nicolas Mahler Foto: Manuel Malzbender © Goethe-Institut Portugal

Franz Kafka não se limitava a escrever prosa, também era apaixonado pelo desenho: "Sabes, eu já fui um grande desenhador", escreveu meio irónico, meio orgulhoso à sua noiva Felice Bauer, em 1913, sobre as suas ambições artísticas. O seu desenho tinha-lhe dado "mais satisfação do que qualquer outra coisa". Por isso, o que poderia ser mais adequado do que homenageá-lo com uma biografia cómica para assinalar o seu aniversário? Na sua exposição Komplett Kafka, o artista Nicolas Mahler apresenta a vida e a obra do mais popular autor de língua alemã de uma forma inimitavelmente espirituosa e pungente.

A exposição estará patente a partir de 3 de fevereiro na biblioteca do Goethe-Institut e depois em vários locais em Portugal.

Organizado com o apoio da Associação de São Bartolomeu dos Alemães em Lisboa.